Paraibano é preso no Aeroporto dos Guararapes com 56 iPhones

Receita Federal reteve os aparelhos, já que estavam desprovidos de recolhimento de imposto legal.

Vermelho RussoVermelho Russo - Foto: Divulgação

A Polícia Federal realizou a prisão de um empresário paraibano de 29 anos, no Aeroporto Internacional dos Guararapes, com 56 iPhones 7. O caso aconteceu na última quinta-feira (29). Os celulares estavam avaliados em mais de R$ 150 mil.

Os policiais desconfiaram do empresário e decidiram passar a mala dele pelo aparelho de raio-x. Os celulares estavam envolvidos em sacos plásticos. A Receita Federal reteve os aparelhos, já que estavam desprovidos de recolhimento de imposto legal.

O homem foi autuado em flagrante por descaminho. Caso seja condenado, poderá pegar penas que variam de 1 a 4 anos de reclusão. Por ser um crime afiançável, foi arbitrada a fiança de R$ 5 mil. O homem pagou a quantia e foi liberado após realizar exames no Instituto Médico Legal (IML).

Em interrogatório, o empresário informou que possui uma loja de conserto de produtos eletrônicos em João Pessoa, na Paraíba, e que adquiriu os produtos nos Estados Unidos. Ele disse que não procurou a Receita porque os celulares seriam guardados para depois serem revendidos. Segundo ele, esta é a primeira fez que ele realiza a prática.

Veja também

Donald Trump vota antecipadamente na Flórida
Eleições nos EUA

Donald Trump vota antecipadamente na Flórida

Pernambuco confirma mais 724 casos e 11 mortes por Covid-19
Coronavírus

Pernambuco confirma mais 724 casos e 11 mortes por Covid-19