Parceria é feita entre costureiras e Prefeitura de Jaboatão para doação de máscaras

As 21 costureiras envolvidas querem fazer cinco mil máscaras por mês e doá-las a comerciantes, taxistas, motoristas e cobradores de ônibus do município

As máscaras já começaram a serem fabricadasAs máscaras já começaram a serem fabricadas - Foto: Divulgação/ Chico Bezerra

Em meio ao caos do coronavírus o trabalho em comum, em prol do próximo, se faz presente em alguns lugares, como um cano de escape sob essa situação. Uma parceria entre a Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes e as costureiras do município foi firmada para a produção de máscaras de tecido. Inicialmente, a mão de obra das 21 costureiras, tem a expectativa de produzir cinco mil unidades por mês, elas serão doadas a comerciantes de mercados públicos do município, taxistas, motoristas e cobradores de ônibus.

As costureiras trabalharão de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h, no Espaço Mulher Empreendedora que será instalado pela gestão municipal juntamente com o maquinário além da disponibilização dos materiais, em esquema de revezamento nos horários para evitar aglomerações. As que fazem parte do grupo de risco cumpriram o isolamento social e trabalharão de casa.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Leia também:
Vale traz 295 mil máscaras N95 da China
Barba dificulta vedação de máscaras, diz infectologista
Novo coronavírus leva Equador a colapso sanitário


"Todas compreenderam a situação que estamos vivendo. Estão aqui para doar parte do seu tempo e prestar solidariedade às demais pessoas", disse em nota o prefeito, Anderson Ferreira. Na mensagem ele ainda agradeceu a participação de todas e reforçou que a população precisa se unir para enfrentar a pandemia.

Antes apenas cozinheira, e agora também costureira, Luciana Maria concluiu o curso de Corte e Costura, no mês de fevereiro, promovido no Espaço Mulher Empreendedora. Agora Luciana se tornou uma das voluntárias da ação. "Cheguei aqui sem saber costurar. Quero agora poder retribuir o que aprendi. Estou fazendo essas máscaras que serão importantes para proteger quem tem que sair de casa para trabalhar", ressaltou a costureira.

Um dos beneficiados com a ação o comerciante do Mercado das Mangueiras, José Nilton, recebeu uma das máscaras produzidas pelas costureiras. "Essa doação de máscaras chega em boa hora. Até porque a renda diminuiu e ficou difícil comprar", desabafou o feirante. Ele ainda disse que no dia a dia do trabalho no mercado convive com muita gente, portanto acha necessária essa proteção.

 

Veja também

EUA destaca seu papel na vacinação mundial anticovid em meio ao aumento da variante Delta
Coronavírus

EUA destaca seu papel na vacinação mundial anticovid em meio ao aumento da variante Delta

Acidente de trânsito mata 37 no Mali
Mundo

Acidente de trânsito mata 37 no Mali