Parque Dona Lindu recebe ação pelo fim da violência

Zumba, funk e outros ritmos conduziram as atividades físicas das dezenas de pessoas que participaram

Ação pede fim da violência física e psicológicaAção pede fim da violência física e psicológica - Foto: Divulgação

O Parque Dona Lindu, na Zona Sul do Recife, recebeu na manhã deste sábado (28) a ação promovida pelo grupo de corrida Hapvida +1K, que pede o fim da violência física e psicológica. Zumba, funk e outros ritmos conduziram as atividades físicas das dezenas de pessoas que participaram.

"Estou aqui por grandes causas, o cuidado com a saúde e a conscientização de que podemos fazer a nossa parte contra a violência”, ressaltou a professora Maria das Graças Araújo, integrante do +1K Boa Viagem.

Até 2014, o Brasil registrou mais de 59 mil homicídios, um crescimento de mais de 20% em relação ao ano de 2013, de acordo com números do Atlas da Violência 2016. As regiões Norte e Nordeste registraram a maior escala de violência no país.

"São dados que assustam. Ações como essas contribuem para alertar as pessoas", comentou o coordenador do +1K, Jailton Santos. Já para a psicóloga Sílvia Regina, o bem estar físico, social e emocional é também uma questão de saúde. "A prática de exercícios físicos é uma forma de reinserir pessoas, vítimas da violência, na sociedade. Isso melhora a autoestima".

Veja também

Vacinação contra a Covid-19 no Brasil começa em ritmo lento e clima de incerteza
Zoom

Vacinação contra a Covid-19 no Brasil começa em ritmo lento e clima de incerteza

Enem: cuidados na prevenção da Covid-19 devem ser mantidos no segundo dia de prova, neste domingo
Enem

Cuidados na prevenção da Covid-19 devem ser mantidos no segundo dia de prova, neste domingo