Estado de greve

Passageiros apreensivos com possibilidade de greve no Metrô do Recife

Metroviários se encontram em estado de greve

Foto: Melissa Fernandes/Folha de Pernambuco

A quinta-feira (12) começou tranquila na Estação Central do Recife, no bairro de São José, área central da capital pernambucana, após o anúncio do estado de greve decretado na noite desta quarta (11) pelos funcionários do Metrô Recife. A categoria se reuniu em assembleia geral realizada pelo Sindicato dos Metroviários e Metroviárias de Pernambuco (Sindimetro-PE) em frente à Estação Central.

Segundo o sindicato, apesar do estado de grave, as operações seguirão funcionando normalmente. A categoria decidirá se irá paralisar ou não as atividades na próxima semana. Os funcionários são contra a privatização do Metrô Recife, que é gerenciado pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU).
 

Muitos passageiros já demonstram apreensão com a possibilidade de paralisação do modal, utilizado diariamente por milhares de pessoas.

“Eu dependo muito dele [do metrô], para mim a utilidade é grande”, comentou o vendedor autônomo Gilmar de Arruda, de 58 anos. 

Foto: Melissa Fernandes/Folha de Pernambuco

O estudante Marcos Vinícius de Oliveria, de 19 anos, também teme que o serviço seja paralisado. “Eu fico apreensivo não só pensando em mim, mas nos trabalhadores também, que têm esse meio de transporte e vão se prejudicar. E nós, estudantes, seremos prejudicados também, podendo chegar atrasados nas aulas”, analisou.

Veja também

Casa real britânica não divulgará relatório de "assédio" de Meghan Markle
Família real

Casa real britânica não divulgará relatório de "assédio" de Meghan Markle

YouTube tira do ar o canal da Assembleia Legislativa de SP após vídeo negacionista sobre Covid
Negacionismo

YouTube tira do ar o canal da Assembleia Legislativa de SP após vídeo negacionista sobre Covid