Notícias

Passageiros relatam problemas no primeiro dia útil após aumento de passagem do metrô

Desde o domingo a tarifa passa a valer R$2,10 até atingir o reajuste de 150% em março de 2020, custando R$ 4

Integração temporal na Estação RecifeIntegração temporal na Estação Recife - Foto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

Com aumento de passagens no metrô e implementação do terminal integrado, a manhã desta segunda-feira (6) foi marcada por confusões na Estação Recife. Para o passageiro Lucas Dias Couto, a cobrança de R$ 2,10 foi inesperada, tanto pelo valor que não deveria ter sido cobrado, pois ele chegou de ônibus ao local (já que Lucas usava a Integração Temporal), como também pelo aumento da passagem sem as melhorias necessárias no serviço - segundo o passageiro.

Nesse sentido, Leonardo Villar, superintendente da Companhia Brasileira de Trens Urbanos Recife (CBTU), aponta que, para gerar mudanças, é necessário que haja o aumento gradual do valor das passagens no metrô.

De acordo com Leonardo, "esse aumento é importante porque o governo federal hoje já subsidia a operação de metrô em aproximadamente 90%. É muito difícil manter essa situação e querer exigir do governo federal um aumento de orçamento, então esse aumento dá força para que a gente possa reivindicar um orçamento maior no próximo ano e ofertar à população as melhorias que tanto desejam".

Leia também:
Indignação marca primeiro dia de nova tarifa do metrô no Recife
Metrô do Recife pode parar em julho
Com aumento de 150%, tarifa do Metrô subirá para R$ 4 até março de 2020
Começa a valer integração temporal do TI Recife

Além disso, Leonardo Villar pontua que mesmo quando a arrecadação chegar em R$ 4 - em maio de 2020 - a arrecadação média por usuário transportado no metrô será de R$ 1,34, pois, segundo ele, 56% dos usuários do metrô utilizam a integração temporal.

Dessa forma, o superintendente também pontua como positiva a cooperação com o Grande Recife na implementação da integração temporal na Estação Recife, pois a ação gerou um aumento de três mil usuários transportados, diminuindo a evasão do sistema e aumentando a arrecadação.

Para resolver problemas, o Grande Recife e a Companhia Brasileira de Trens Urbanos têm identificado os transtornos e buscado soluções. De acordo com André Melibeu, diretor de Operações do Grande Recife Consórcio, "há um registro de todas as pessoas que alegaram pagamento em duplicidade e este valor está sendo ressarcido ao usuário".

André reforça também as ações locais, como o incentivo à compra do cartão VEM por R$ 10 reais - valor que é creditado no cartão - e carregamento sem taxa para o usuário. De acordo com o Grande Recife, aproximadamente 10% dos passageiros ainda não compraram o cartão VEM.

Veja também

"Fico", o candidato "showman" que aspira garantir a segurança na Colômbia
ELEIÇÕES NA COLÔMBIA

"Fico", o candidato "showman" que aspira garantir a segurança na Colômbia

Corpo de homem que tentava salvar cavalo ilhado é encontrado em Jaboatão dos Guararapes
Chuvas

Corpo de homem que tentava salvar cavalo ilhado é encontrado; sobe para 5 o número de mortos na RMR