VIOLÊNCIA

Passageiros se arriscam em caminhão cegonha para conseguir voltar para casa no Rio

Sem transporte devido aos ataques a ônibus e sem previsão de normalização do serviço, passageiros se arriscam para conseguir voltar para casa

Passageiros se arriscam em caminhão cegonhaPassageiros se arriscam em caminhão cegonha - Foto: Reprodução

Com a suspensão da circulação dos ônibus, incluindo a frota de BRTs, devido aos ataques a ônibus na Zona Oeste, em represália a morte de um miliciano, em Santa Cruz, passageiros se arriscaram na carroceria de um caminhão cegonha para conseguir chegar em casa na tarde desta segunda-feira (23). Nas imagens que circularam nas redes sociais, mais de 20 pessoas estão em pé, penduradas na carroceria do caminhão cegonha.

Por volta das 14h, o miliciano Matheus da Silva Rezende, conhecido como Faustão ou Teteus, foi morto em confronto com agentes da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), da Polícia Civi, em Santa Cruz. Faustão é sobrinho de Luis Antonio da Silva Braga, o Zinho, criminoso que assumiu o controle da maior milícia do estado do Rio, que atua na Zona Oeste.

Em represália a morte do miliciano, criminosos colocaram fogo em pelo menos 35 ônibus e um trem. Não há previsão de normalização do serviço de transporte público do Rio. A cidade segue em estágio de atenção desde às 18h40.

Veja também

Meningite: conheça as causas, os sintomas e as formas de evitar a doença
Prevenção

Meningite: conheça as causas, os sintomas e as formas de evitar a doença

TikTok: app vai ser banido nos EUA? Entenda o que acontece agora com a rede social
Rede Social

TikTok: app vai ser banido nos EUA? Entenda o que acontece agora com a rede social

Newsletter