Patrícia fala sobre rejeição no BBB e assassinato do pai: “Momentos mais difíceis da minha vida”

A cearense afirmou que não está sendo fácil superar este momento

A cearense afirmou que não está sendo fácil superar este momentoA cearense afirmou que não está sendo fácil superar este momento - Foto: Reprodução

Patrícia Leitte está com muita dificuldade de superar a sua rejeição no Big Brother Brasil 18. Ela, que foi eliminada na terça (13) com 94,26% dos votos (segundo maior recorde de rejeição e o primeiro em paredões triplos), cedeu uma entrevista ao jornal EXTRA e revelou que sofreu muitos ataques nas redes sociais e que os internautas não perdoaram nem seu filho de 11 anos.

"Essa situação que eu estou passando agora e a morte do meu pai (que foi assassinado com um tiro durante um assalto ocorrido há 11 anos) foram os momentos mais difíceis da minha vida", desabafa. Logo após sair do BBB, Patrícia acompanhou os ataques que recebeu na internet e afirma que chegou a chorar no hotel por causa das críticas.

"Fiquei perplexa e chocada quando eu soube que agrediram o meu filho. Poxa, uma criança de 11 anos participar disso? Chorei com algumas agressões que eu achei que foram pesadas demais, quando li algumas coisas ofendendo a minha índole e o meu caráter", conta. "Conversei com o Tiago (Leifert) no camarim, e ele me informou que tinha uma repercussão negativa, mas que fazia parte, era o jogo, e que eu deveria encarar de uma forma boa", lembra Patrícia.

Agora, ela diz que quer investir na carreira de atriz e cantora e acredita que vai conseguir virar o jogo e conquistar o carinho do público. Sou um ser humano, cometo falhas, ninguém é perfeito, mas achei que foram além. Respeito a opinião dos outros, mas não vou deixar isso me atingir mais. Vou mostrar para o Brasil a pessoa alegre e positiva que eu sou", finaliza.

Veja também

Amazônia já tem mais queimadas em 2020 do que em todo o ano passado
meio ambiente

Amazônia já tem mais queimadas em 2020 do que em todo o ano passado

Pandemia causa atrasos nas obras de recuperação de Mariana
Mariana

Pandemia causa atrasos nas obras de recuperação de Mariana