Tecnologia

Paulista inicia instalação de internet grátis e câmeras de reconhecimento facial em praças

Espaços serão contemplados com Wi-Fi gratuito, câmeras de reconhecimento facial e monitoramento de placas

Instalação do poste para uma câmera de segurança na praça Emílio Russel em Paulista. A câmera não estava disponível no local.Instalação do poste para uma câmera de segurança na praça Emílio Russel em Paulista. A câmera não estava disponível no local. - Foto: Arthur Mota / Folha de Pernambuco

A Prefeitura de Paulista, na Região Metropolitana do Recife, iniciou, nesta quarta-feira (7), a implantação de internet grátis, câmeras de reconhecimento facial e monitoramento de placas de carros.
 
A instalação, prevista para acontecer de forma simultânea em três praças do município, começou apenas pela Emílio Russel, em Maranguape I. Nesta manhã, estava sendo instalado o poste onde ficará a câmera, e a previsão é de que o equipamento comece a funcionar dentro de 15 dias.

Outras duas praças serão contempladas: Aníbal Fernandes, em Jd. Paulista, e a José Lopes de Araújo em Maranguape II.

A iniciativa é coordenada pela Secretaria de Segurança, Mobilidade e Defesa Civil do Paulista e conta com o suporte técnico da Radium Tecnologia. 

O secretário Marcelo Menezes afirma que a implementação dos equipamentos é um avanço significativo na segurança dos moradores. “Temos um banco de dados, então logo que seja identificado qualquer pessoa que tenha cometido um delito perante as câmeras, a central de monitoramentos será acionada, e as autoridades, Polícia Civil, Militar e Guarda Civil serão acionadas para que seja feita a prisão da pessoa reconhecida”, detalhou
 
Segundo Gustavo Cezar, diretor da Radium Tecnologia, em cada praça haverá duas câmeras fixa, "instaladas em pontos estratégicos, uma no acesso de entrada das praças e outra no interior do ambiente”. Além das câmeras de reconhecimento facial, há também aquelas de monitoramento de trânsito. "A leitura de placa tem como foco identificar veículos que tenham sido usados em práticas criminosas ou furtados", falou o prefeito.

A diarista Severina Teones, de 58 anos, disse se sentir mais otimista com a nova proposta. "Aqui não tem nada de proteção. Durante a manhã, quando alguém vai caminhar ou marcar uma ficha para algum atendimento de saúde, nos sentimos muito inseguros. Isso vai trazer mais segurança à população", comentou.
 
O compromisso firmado faz parte da segunda fase do Programa do Governo Federal “Em Frente Brasil”, lançado em 2019, visando ao enfrentamento à criminalidade com ações conjuntas entre União, estados e municípios. Paulista foi uma das cinco contempladas cidades no país e a única no Nordeste. 


A primeira fase do Programa contou com o reforço da segurança, com a vinda da Força Nacional. Já esta segunda e última fase contempla o pacote de tecnologias mais modernas internamente. O objetivo é democratizar o uso da internet por parte dos moradores.

De acordo com a Radium Tecnologia, cada praça será contemplada com 300 Megas de internet, possibilitando o acesso simultâneo de cerca de 100 pessoas. 

Yves Riberio, prefeito de Paulista, comentou que esse é um trabalho de modernização digital da cidade que é essencial para a população “O trabalho que a Força Nacional vem fazendo, e com a instalação dessas câmeras de monitoramento, é fundamental. Esperamos diminuir as incidências de delitos, facilitando assim o trabalho de inteligência da força Militar e Civil”, afirmou o prefeito, sem citar os números da segurança. 
 
O prefeito comentou também que outras iniciativas, de teor social, têm sido desenvolvidas pela prefeitura, visando à melhoria de vida da população jovem, impactando também nos índices de segurança. “Firmamos uma parceria com o Senai, Senac e o Sesi, para dar continuidade ao projeto Jovem de Olho no Futuro. Serão investidos cerca de R$ 40 milhões, incentivando todos os jovens em situação de vulnerabilidade a entrar no mercado de trabalho", disse Yves.

Veja também

Gestão Doria anuncia fase de transição, reabre comércio e permite cultos em São Paulo
Quarentena

Gestão Doria anuncia fase de transição, reabre comércio e permite cultos em São Paulo

Chile afirma que Coronavac tem eficácia de 80% para evitar mortes
Vacina

Chile afirma que Coronavac tem eficácia de 80% para evitar mortes