Paulo André é prata na final dos 100 metros rasos em Lima

O outro brasileiro da disputa, Rodrigo Nascimento, ficou na quarta colocação ao completar a prova mais rápida do atletismo em 10.27 segundos

Brasileiro celebra conquista em LimaBrasileiro celebra conquista em Lima - Foto: Luis Robayo/AFP

O segundo homem mais rápido das Américas é brasileiro! Na final dos 100 metros do atletismo, Paulo André cruzou a linha de chegada na segunda colocação, com tempo de 10.16 segundos, nesta quarta-feira (7), nos Jogos Pan-Americanos Lima 2019.

O outro brasileiro da disputa, Rodrigo Nascimento, ficou na quarta colocação ao completar a prova mais rápida do atletismo em 10.27 segundos.

Apesar da medalha, o resultado de Paulo André ficou longe da sua melhor marca pessoal, de 10.02, e do sonho de quebrar a barreira abaixo dos 10 segundos.

Leia também:
Vitória Rosa garante o bronze para o Brasil nos 100m
Hipismo: Brasil conquista ouro no salto por equipes
Seleção feminina de vôlei estreia com vitória por 3x0


Na decisão, se tivesse repetido a melhor marca pessoal, o velocista brasileiro teria ficado com a medalha dourada.

O campeão da prova foi o norte-americano Michel Rodgers, com o tempo de 10.09. A terceira vaga no pódio é de Cajhae Greene (10.23), de Antigua e Barbuda.

Após cruzar a linha de chegada, Paulo André afirmou que "deu seu máximo" na prova. "Estou feliz, mas insatisfeito, porque queria o ouro", lamentou.

"Agora é trabalhar. Ainda tenho muito o que aprender", avaliou o medalhista de prata, que ainda aproveitou para elogiar o vencedor da prova. "O Rodgers é um atleta veterano, que sabe correr as provas muito bem e tem mais experiência do que eu nos 100 metros. Tenho que respeitá-lo".

Nascimento, que fez o melhor tempo das semifinais, avaliou que teve uma boa relação inicial na decisão, mas ficou para trás na sequência. "Tive que correr buscando os primeiros colocados a prova inteira", afirmou o quarto colocado.

Veja também

Covid-19: Brasil confirma 14.318 casos e 335 mortes nas últimas 24 horas
CORONAVÍRUS

Brasil confirma 14.318 casos e 335 mortes em 24 horas

Pernambuco registra menor número de casos confirmados de Covid-19 em 24h desde 8 de abril
Coronavírus

Pernambuco registra menor número de casos confirmados de Covid-19 em 24h desde 8 de abril