PC apresenta conclusão do inquérito do Caso Morato

Investigadores vão dizer se ele foi envenenado ou se matou. Coletiva acontecerá nesta terça, às 14h

Filme "Ninguém Deseja a Noite"Filme "Ninguém Deseja a Noite" - Foto: Divulgação

Após mais de dois meses da morte do empresário Paulo Cézar de Barros Morato, a Polícia Civil de Pernambuco vai apresentar a conclusão do inquérito nesta terça-feira (30). Morato, que era considerado o “testa de ferro” da organização criminosa suspeita de lavar dinheiro para as campanhas do ex-governador Eduardo Campos, foi encontrado morto no dia 22 de junho, no Motel Tititi, em Olinda, na Região Metropolitana do Recife.

A causa da morte foi envenenamento por chumbinho. A delegada Gleide Ângelo deve apresentar as imagens das câmeras do motel, que podem mostrar se alguém teve acesso ao quarto que o empresário foi encontrado morto. Ainda não se sabe se o empresário foi envenenado ou se ele se matou. Os investigadores também não divulgaram o que havia em pendrives, celulares e documentos que foram encontrados junto ao corpo. A coletiva de imprensa da Polícia Civil acontecerá na sede da Polícia Civil, na rua da Aurora, às 15h.

Veja também

O aborto no Uruguai, uma experiência em primeira pessoa
Mulheres em movimento

O aborto no Uruguai, uma experiência em primeira pessoa

Brasil acumula 141.406 mortes pelo novo coronavírus
Saúde

Brasil acumula 141.406 mortes pelo novo coronavírus