Meio Ambiente

PCR cria conselho para preservar jardins históricos tombados no Recife

A criação do conselho gestor tem o objetivo garantir a preservação e conservação de seis jardins

Praça de Casa FortePraça de Casa Forte - Foto: Divulgação/PCR

A Prefeitura do Recife (PCR) criou um conselho gestor para preservação dos seis jardins históricos do Recife tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Os projetos incluídos no plano de gestão são assinados pelo paisagista Roberto Burle Marx (1909-1994) e irão dispor de um Comitê Gestor cada, formado por representantes da Prefeitura do Recife, da UFRPE, da UFPE, da Secretaria de Cultura/Fundação de Cultura e da Secretaria de Educação, além da sociedade civil.

O objetivo da iniciativa é definir usos e garantir a preservação desses patrimônios ambientais e arquitetônicos da Cidade. O primeiro dos espaços públicos a ganhar o comitê próprio foi a Praça Faria Neves, em Dois Irmãos, através de decreto publicado no Diário Oficial do Recife desta terça-feira (4). Mas, até o final do ano, as seis praças tombadas terão planos de manejo com o detalhamento das regras de preservação.

"Esse plano é uma iniciativa pioneira no país e deve inspirar muitos gestores públicos por se tratar de um importante instrumento de preservação do patrimônio. Neste ano, vamos dar início à formação dos conselhos para cada praça tombada, a começar pela Praça Faria Neves e, em seguida, a Praça de Casa Forte. A ideia é que, até o final do ano, essas seis praças tenham conselhos de acordo com suas especificidades”, conclui Janaina Granja, coordenadora do Comitê Burle Marx e gerente geral de Articulação e Relacionamento do gabinete do vice-prefeito do Recife, Luciano Siqueira.

Serão criados conselhos gestores das praças de Casa Forte, Euclides da Cunha, na Madalena; Salgado Filho, no Ibura; Faria Neves, em Dois Irmãos; e da República, no bairro de Santo Antônio. 

O Comitê é formado pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Pernambuco (CAU-PE), Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife (Emlurb), Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan); Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), Laboratório da Paisagem da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e pelas Secretarias municipais de Mobilidade e Controle Urbano; Planejamento Urbano e Turismo, Esportes e Lazer. 

Veja também

Acidente na Avenida Boa Viagem deixa feridos neste domingo (20)
Recife

Acidente na Avenida Boa Viagem deixa feridos neste domingo (20)

Saga do TikTok pode chegar ao fim com acordo envolvendo Oracle e Walmart
Aplicativo

Saga do TikTok pode chegar ao fim com acordo envolvendo Oracle e Walmart