Coronavírus

PCR disponibiliza testes em 24 unidades de saúde para todos recifenses com sintomas da Covid-19

Recifenses podem usar, preferencialmente, o aplicativo Atende em Casa para ter acesso aos exames

Teste coronavírusTeste coronavírus - Foto: Xavier Galiana/AFP

Um dia após o Governo do Estado, anunciar a universalização dos testes para detecção da Covid-19 em Pernambuco, que agora poderão ser feitos por todas as pessoas com sintomas gripais, a Prefeitura do Recife divulgou a ampliação da quantidade de locais que disponibilizam testagem na rede municipal de saúde. Na manhã desta quarta-feira (15), o prefeito Geraldo Julio anunciou que passam de oito para 24 unidades de saúde que realizam o exame para detecção do novo coronavírus. Para ter acesso aos exames, os recifenses podem usar, preferencialmente, o aplicativo Atende em Casa, ou diretamente nas Unidades de Saúde. 

“Com o anúncio conjunto feito pelo Governo e pela Prefeitura de que todas as pessoas com sintomas de gripe vão ser testadas para covid, a gente está ampliando a nossa rede de exames de 8 para 24 unidades. Agora nas nossas quatro policlínicas, a Agamenon Magalhães, que fica em Afogados, na Arnaldo Marques, que fica lá no Ibura, também na Barros Lima, em Casa Amarela e  na Amaury Coutinho, na Campina do Barreto, além de 20 unidades de saúde espalhadas por toda a cidade, nós vamos oferecer o exame da covid, diretamente ou através do aplicativo Atende em Casa. Fazer os exames nesse momento é muito importante para identificar as pessoas doentes e recomendar que elas façam o isolamento evitando novas contaminações. As pessoas devem procurar preferencialmente o Atende em Casa para ter as instruções de como fazer esse exame”, explicou o prefeito Geraldo Julio. 

Os testes podem ser agendados pelo aplicativo Atende em Casa, onde o usuário vai escolher o local, a data e o horário do exame, de acordo com a disponibilidade. Pelo www.atendeemcasa.pe.gov.br, o recifense com sintomas de gripe/covid-19 poderá marcar para fazer o teste em uma das 20 unidades de referência da Atenção Básica para atendimento a pacientes com suspeita de covid-19. O paciente só deve se dirigir até a unidade de testagem escolhida no dia e horário agendado. Caso ele tenha sinais de alerta de gravidade, os médicos e enfermeiros que fazem a teleorientação pelo Atende em Casa também podem sugerir que ele procure logo uma das unidades para uma consulta. 

As policlínicas Amaury Coutinho, na Campina do Barreto, Barros Lima, em Casa Amarela, Arnaldo Marques, no Ibura, e Agamenon Magalhães, em Afogados, também estão realizando os testes nos pacientes com suspeita de covid-19 atendidos nas emergências (serviço de pronto atendimento). A lista completa dos locais de testagem pode ser conferida no site da PCR (www.recife.pe.gov.br). Desde abril, quase 12 mil pessoas já foram testadas nas unidades de referência do Recife, tanto com o teste rápido quanto com o RT-PCR. 

O teste do tipo RT-PCR deve ser coletado, preferencialmente, até o sétimo dia de início dos sintomas - podendo ser feito até o décimo dia, quando a pessoa ainda estiver sintomática. Já a realização do teste rápido é recomendada após sete dias completos do início dos sintomas e depois de, no mínimo, três dias sem sintomas.

ATENDE EM CASA

Fruto de parceria entre a Prefeitura do Recife e o Governo do Estado, o Atende em Casa foi criado no início da pandemia para garantir assistência virtual às pessoas com suspeita de covid-19, evitando que elas se dirijam às unidades de saúde, sem necessidade. Após triagem feita através de um questionário para avaliação inicial da gravidade de cada caso, o usuário recebe instruções para se cuidar em casa e ficar isolado ou buscar atendimento médico.

Mais de 47 mil moradores da capital pernambucana já se cadastraram no aplicativo. Desse total, mais de 20 mil foram atendidos através de teleorientação por meio de vídeochamada com médico ou enfermeiro. Dessas, cerca de cinco mil pessoas foram instruídas a procurar um serviço de saúde para consulta.

Veja também

Brasil terá maior fábrica de vacinas da América Latina
Vacina

Brasil terá maior fábrica de vacinas da América Latina

Senado aprova uso de recursos para compra de máscaras e álcool
notícias

Senado aprova uso de recursos para compra de máscaras e álcool