PCR entrega 191 mil livros para a educação infantil

Crianças que estudarem dos 0 aos 5 anos na rede municipal terão 66 livros em mãos, por meio do projeto Brinqueducar

Crianças da rede pública de ensino do Recife Crianças da rede pública de ensino do Recife  - Foto: Andrea Rego Barros.

O Projeto Brinqueducar vai distribuir 191 mil livros para crianças de 0 a 5 anos das 235 unidades de ensino da rede municipal de educação infantil do Recife. A edição 2018 do projeto foi lançada nesta sexta-feira (9) em cerimônia no Centro Comunitário da Paz (Compaz) do Alto Santa Terezinha, na Zona Norte do Recife.

Por meio de investimentos superiores a R$ 2 milhões, cada criança receberá um kit com 11 livros, que serão trabalhados em sala de aula e poderão ser levados para casa. Como resultado final do Brinqueducar, cada criança que estude na rede municipal dos zero aos cinco anos terá em mãos 66 livros.

Os livros devem ser entregues até o final deste mês. Dentre os títulos que compõem o kit, estão "O livro verde do bebê", "Nina, a gatinha", "O pequeno dragão", "Princesa Arabela, mimada que só ela". A professora Ana Cláudia de Almeida Ventura contou que é feito um processo de reconhecimento e manuseio dos livros para que as crianças vejam que o que se fala também é escrito.

Leia também:
Fundaj distribui livros de graça no Bairro do Recife
Recife terá mais 76 escolas de educação infantil credenciadas
Compaz recebe ação voltada a jovens do Recife

"A ciência no mundo inteiro aponta que a primeira infância é o momento mais importante do aprendizando, que prepara a pessoa para o resto da vida. E é nisso que a gente está investindo aqui no Recife", destacou o prefeito Geraldo Julio.

O programa, que começou a ser desenvolvido pela Secretaria de Educação do Recife em 2017, beneficia 17 mil crianças de 0 a 5 anos da rede municipal de ensino. No ano passado, o programa foi implantado em 235 unidades de educação infantil, tendo um investimento de R$ 7,6 milhões.

As unidades de educação infantil também receberam, em 2017, casinhas, gira-giras e cerca de 40 mil brinquedos pedagógicos como quebra-cabeças, blocos lógicos com peças geométricas, jogos alfabéticos, de memória e sobre as partes do corpo humano.

 “Nossa intenção é garantir às unidades de educação infantil o melhor material possível para que eles [estudantes] possam se desenvolver, tanto com o uso de brinquedos pedagógicos, mas, principalmente, livros de qualidade”, declarou o secretário  Alexandre Rebêlo. “A gente sabe que muitas famílias não têm condição de ter na sua casa um acervo [de livros] e, agora, estamos dando esse livro pra ele ser trabalhado nas escolas e ser levado para casa”, complementou.

Veja também

Brasil soma mais 26.979 novos casos e 432 mortes por Covid-19 nas últimas 24h
CORONAVÍRUS

Brasil soma mais 26.979 novos casos e 432 mortes por Covid-19 nas últimas 24h

Jovem de 18 anos é encontrada morta em cisterna de casarão em Jaboatão dos Guararapes, na RMR
Jaboatão

Jovem de 18 anos é encontrada morta em cisterna de casarão