Coronavírus

PCR monta estações itinerantes para fornecer informações sobre a Covid-19 e arboviroses

As Estações Itinerantes de Orientação para Covid-19 estão espalhadas pelo Recife e são importante suporte neste tempo de pandemia

Estação no Mercado de Água FriaEstação no Mercado de Água Fria - Foto: Paullo Allmeida / Folha de Pernambuco

A Prefeitura do Recife (PCR) espalhou, em oito pontos da Cidade, estações itinerantes para fornecer orientações sobre o novo coronavírus. Até a sexta-feira (3), as Estações Itinerantes de Orientação para Covid-19 estarão funcionando na Praça Nossa Senhora do Carmo, no Mercado de Água Fria, no Centro Comercial de Casa Amarela, no Mercado de Nova Descoberta, na Praça da Várzea, na Praça do Largo da Paz (Afogados), na Praça de Boa Viagem e na Praça do Jordão Baixo. Também na sexta-feira, devem ser divulgados os locais onde as estações itinerantes estarão localizadas na semana que vem.

De acordo com a diretora de Atenção Básica à Saúde do Recife, Ana Sofia Costa, o objetivo da ação é orientar a população sobre as novas regras de convivência. "Estamos na fase de tentar conviver com esse novo vírus. Nas abordagens, as equipes aproveitam para reforçar a necessidade do distanciamento social, além de instruir sobre o uso correto da máscara", explicou.

As tendas funcionam das 8h às 16h, com uma equipe composta por médicos, agentes sanitários e instrutores da Academia da Cidade. Além das orientações sobre o coronavírus, os profissinais também orientam a população a respeito das arboviroses, como dengue, zika e chikungunya. No local, também foi feita a distribuição de hiplocorito de sódio, substância utilizada no combate à proliferação do mosquito Aedes aegypti. 

Comerciante do entorno Mercado de Água Fria, Valdir Martis, 54 anos, voltou a trabalhar recentemente. Ele conta que a atuação dos profissionais de Saúde tem sido muito importante. "Além de distribuir a máscara e ensinar a forma correta de usar, eles também estão sempre fiscalizando e alertando quando as pessoas estão muito aglomeradas", disse. Valdir aproveitou que estava apenas com uma máscara para receber outra, de forma gratuita na tenda.

Quem também ganhou uma nova máscara foi Iara Gonzaga, 53, moradora do bairro de Água Fria. A máscara que ela estava usando estava caindo com frequência, então ela resolveu tirar. A equipe da tenda a abordou e ofereceu uma nova máscara. "Eu sempre ando com máscara, mas como a minha estava caindo, resolvi tirar. Eles me pararam, higienizaram as minhas mãos e me deram uma nova máscara. Adorei!", relatou Iara.

De acordo com a equipe da Estação Itinerante de Água Fria, apenas nesta terça-feira (30), foram distribuídas quase 400 máscaras somente pela manhã. Segundo a Prefeitura do Recife, desde a última sexta-feira (26), cem mil máscaras artesanais começaram a ser distribuídas nos mercados e feiras públicas, parques, orla da praia e ruas do centro da Cidade.

Veja também

Classes mais altas têm maior potencial de contaminação em repique de casos, diz infectologista
Coronavírus

Classes mais altas têm maior potencial de contaminação em repique de casos, diz infectologista

Protestos contra violência policial deixam 56 mortos e fecham escolas na Nigéria
internacional

Protestos contra violência policial deixam 56 mortos e fecham escolas na Nigéria