PE: funcionários dos Correios recusam proposta e mantêm greve

Decisão foi votada nesta sexta-feira (5); nova assembleia está marcada para segunda (8), em frente ao edifício-sede, no Centro do Recife

CorreiosCorreios - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

Funcionários dos Correios em Pernambuco decidiram, nesta sexta-feira (5), continuar a greve por tempo indeterminado. A proposta apresentada pela empresa foi rejeitada na íntegra e uma nova assembleia está marcada para a próxima segunda-feira (8), às 15h, em frente ao edifício sede dos Correios, na Avenida Guararapes, no Centro do Recife. A categoria paralisou as atividades no dia 26 de abril contra a proposta da privatização e reivindicando melhores condições de trabalho.

A maioria dos 36 sindicatos dos funcionários dos Correios não conseguiu avaliar as propostas negociadas entre os dirigentes da empresa e representantes dos empregados em reunião na presidência dos Correios em Brasília, na última quinta-feira (4).

Segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares, a proposta não pôde ser votada devido ao horário que terminou a reunião, pois e algumas assembleias tinham sido desfeitas. Novas assembleias serão feitas entre próxima segunda-feira (8).

Leia mais:
Greve dos Correios: maioria dos sindicatos vai avaliar propostas até dia 8
Funcionários dos Correios em Pernambuco entram em greve

Veja também

Anvisa autoriza uso emergencial do 2º lote da CoronaVac; total é de 4,8 milhões de doses
Vacina

Anvisa autoriza uso emergencial do 2º lote da CoronaVac; total é de 4,8 milhões de doses

Distribuição de vacinas da AstraZeneca deve começar neste sábado (23)
Coronavírus

Distribuição de vacinas da AstraZeneca deve começar neste sábado (23)