Coronavírus

Pequim suspende maioria das restrições de deslocamentos após surto de Covid-19

Agora, os novos casos se limitam a alguns poucos por dia

Coronavírus na ChinaCoronavírus na China - Foto: Greg Baker/AFP

Depois de registrar um pico no número de casos de coronavírus em meados de junho, a capital chinesa anunciou nesta sexta-feira (3) a suspensão da maioria das restrições de saída de Pequim, assegurando que a situação está sob controle. Após dois meses sem declarar casos de Covid-19, esta cidade de 21 milhões de habitantes registrou um brusco aumento de infecções em junho. Pelo menos 331 pessoas foram contaminadas na capital chinesa.

Desde o mês passado, Pequim pedia à população para evitar viagens "não essenciais" fora da cidade e exigia um teste negativo de Covid-19 para autorizar a saída. Estas restrições serão levantadas a partir deste sábado, à meia-noite (12h em Brasília), anunciou a prefeitura. Agora, os novos casos se limitam a alguns poucos por dia. Os habitantes dos bairros considerados de "alto risco" deverão continuar seguindo essas determinações.

Veja também

Argentina supera 5.000 mortos por Covid-19
Coronavírus

Argentina supera 5.000 mortos por Covid-19

Pernambuco registra 1.393 casos da Covid-19 e 41 mortes nas últimas 24h
Coronavírus

Pernambuco registra 1.393 casos da Covid-19 e 41 mortes nas últimas 24h