RIO DE JANEIRO

Perfil fake tenta desviar doações destinadas a vítimas de Petrópolis

A SOSerra existe desde abril de 2021, quando foi criada com o objetivo de ajudar as famílias de Petrópolis

Bairro Castelânea em Petrópolis, após fortes chuvas que atingiram a região Serrana do RioBairro Castelânea em Petrópolis, após fortes chuvas que atingiram a região Serrana do Rio - Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

A Polícia Civil vai investigar um perfil falso que foi criado no Instagram para imitar a conta da ONG SOSerra, criada para ajudar famílias de Petrópolis, na Região Serrana.

Com a tragédia das chuvas na cidade, a organização está recebendo doações por PIX para ajudar quem foi afetado. A Delegacia de Repressão a Crimes de Informática deve pedir, nesta sexta-feira, a retirada da página fake da rede social, que foi criada por aproveitadores com o número 1 no fim do endereço original que é @sos_serra.

Além disto, a versão pirata traz um número de PIX diferente do verdadeiro para tentar desviar o recebimento de dinheiro das doações. O problema também foi denunciado pela SOSerra, que postou  no Instagram um aviso sobre a existência de uma conta falsa que tentava aplicar um golpe.

A SOSerra existe desde abril de 2021, quando foi criada com o objetivo de ajudar as famílias de Petrópolis. Por conta do temporal, a instituição disponibilizou um número de PIX para os interessados em ajudar as vítimaS da chuva no município.
 

O perfil da ONG SOSerra fez uma postagem denunciando a página falsa.

Abaixo, a íntegra do aviso postado na noite desta quarta-feira.

"Pessoal, boa noite!!

Recebemos avisos de que existe uma conta falsa, imitando a nossa para tentar lucrar com malícia sobre a situação! Já denunciamos para o Instagram e estamos tentando derruba-lá! Por isso é importante que compartilhem as informações verdadeiras, cada vez mais, pois toda ajuda é extremamente necessária! Obrigada de coração a todos!! E se tiverem alguma dúvida, podem mandar direct".

Veja também

Fiocruz critica PL do Aborto: "Retrocesso e ameaça à saúde de mulheres e meninas"
POSICIONAMENTO

Fiocruz critica PL do Aborto: "Retrocesso e ameaça à saúde de mulheres e meninas"

Exército de Israel diz que Hamas não pode ser destruído e expõe divergências com Netanyahu
GUERRA

Exército de Israel diz que Hamas não pode ser destruído e expõe divergências com Netanyahu

Newsletter