Perguntas e respostas sobre o Enem

Veja algumas das dúvidas mais frequentes

Ministro da Educação assinou ordem de serviçoMinistro da Educação assinou ordem de serviço - Foto: Divulgação

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será realizado neste sábado e domingo (dias 5 e 6) em todo o país. A prova é composta por quatro avaliações, com 45 questões objetivas cada e uma redação. A aplicação do exame começa às 13h30 (horário de Brasília), em Pernambuco, 12h30. Os portões fecham 30 minutos antes do início das avaliações e é preciso chegar aos locais de prova com uma hora de antecedência. São 4h30 de duração para as provas do sábado e 5h30 para as do domingo.

Confira as perguntas mais recorrentes sobre o Enem

1. Como descubro onde é o meu local de prova?
O lugar pode ser consultado na página do Inep (enem.inep.gov.br/participante) ou pelo aplicativo do Enem.

2. E se esse lugar for longe da minha casa?
Confira antes a localização e tente chegar com antecedência. Os portões são abertos às 12h e fechados às 13h. Nos dois dias, o exame começa à 13h30.

3. Qual a duração do exame?
No sábado (5), as provas de ciências humanas e ciências da natureza terão duração de 4 h 30 min. No domingo (6), as avaliações de linguagens, matemática e redação terão um limite de 5 h 30 min.

4. Como saber se farei a prova neste final de semana?
Apenas as pessoas cujo local de prova está ocupado tiveram o exame adiado para 3 e 4 de dezembro. Ao todo, são 240 mil jovens nessa situação.

5. Quem fizer a prova em dezembro terá vantagem em relação aos demais?
O Inep afirma que não, já que, todos os anos, "o Enem realiza dois tipos de prova" e que elas têm "o mesmo princípio da equivalência, garantindo igualdade de condições a todos".

6. Que documento preciso levar no dia da prova?
É obrigatória a apresentação de um documento original de identificação com foto. Não serão aceitas fotocópias.

7. E se meus documentos tiverem sido roubados ou extraviados?
Você deve apresentar boletim de ocorrência expedido por órgão policial com data de no máximo 90 dias anteriores à 1ª prova.

8. Qual caneta posso utilizar?
Apenas caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente. Não serão permitidos lápis, lapiseira, borracha, livros, anotações, calculadora ou outros dispositivos eletrônicos.

9. Posso ir de óculos escuros, boné ou relógio? E posso levar meu celular?
Esses itens não são permitidos. Os celulares deverão ser guardados antes do início do exame, em embalagem fornecida na sala, sendo lacrados e mantidos embaixo da carteira.

10. Posso levar comida e água?
Sim, e não há limites. Eles serão revistados antes da prova.

11. Qual é a primeira coisa que devo fazer ao pegar a prova?
Conferir seu nome e número de inscrição. É responsabilidade do participante checar os dados nos cadernos do exame. Você também deve marcar no cartão-resposta a cor do caderno de questões e transcrever a frase apresentada na capa.

12. Como preencher as respostas?
"Pinte" os círculos completa-mente, indicando apenas uma opção, sem rasuras. Todas as respostas devem ser transcritas nos respectivos cartões-resposta e folha de redação, que serão entregues ao aplicador ao final.

13. Como posso organizar meu tempo?
O ideal é que o participante leve de 3 a 3,5 min em cada questão de cálculo e cerca de 2 min nas demais, segundo o professor Marcelo Carvalho, coordenador-geral do cursinho Etapa.

14. Como posso aliviar o estresse durante a prova?
É importante respirar fundo, fazer alongamentos e dar pausas de cinco minutos sem ler, com os olhos fechados, diz a especialista em educação Andrea Ramal.

15. Depois de quanto tempo posso ir embora?
Após duas horas do início do exame. O participante, porém, só poderá levar as questões se esperar até 30 minutos antes do término da prova.

16. Em a prova não será corrigida?
Caso o participante deixe de indicar a cor do caderno de questões, saia da sala sem acompanhamento, não entregue o cartão-resposta ou não atenda às orientações dos aplicadores.

17. O que pode levar à eliminação do participante?
Fornecer informações falsas, perturbar a ordem, comunicar-se com outro participante, portar equipamento eletrônico ou colar durante a prova.

18. Os cadernos de questões serão usados na correção?
Não, serão utilizados apenas os cartões-resposta e a folha de redação; rascunhos e marcações assinaladas nos cadernos de questões não serão considerados.

19. Como é feita a correção das provas objetivas?
Por leitura óptica, para identificar a marcação das respostas. Por isso, é imprescindível que elas sejam preenchidas com caneta preta.

20. Eu e meu amigo acertamos o mesmo número de questões. Tiramos a mesma nota?
Não necessariamente. O sistema do Enem estabelece um grau de dificuldade para cada uma das questões e premia o candidato de acordo com esse critério.

21. Se eu acertar todas as questões, tiro mil?
Dificilmente. O Enem não trabalha com notas que vão de zero a mil. O limite das provas varia ano a ano, conforme o nível das perguntas. Em 2015, a maioria das notas máximas beiraram os 850 pontos.

22. O Enem tira ponto quando acha que eu chutei a resposta?
Sim. O sistema presume que um candidato capaz de fazer uma questão difícil também é capaz de responder uma fácil. Ele entende que você saiu do padrão e dá um peso menor aos acertos.

23. Como é feita a correção da redação?
Por dois especialistas, de forma independente. Cada um atribui uma nota de zero a 200 para cada uma das cinco competências, totalizando mil pontos. O resultado final corresponde à média das duas notas. Caso a diferença entre elas seja muito grande, a redação passa por uma 3ª correção. Em caso de nova discrepância, ela é corrigida por três novos corretores.

24. Em que casos pode haver nota zero na redação?
Quando o texto não atende à proposta, possui até sete linhas, traz estrutura diferente da dissertativa-argumentativa, contém ofensas ou desenhos e desrespeita os direitos humanos.

25. Quando os gabaritos serão divulgados?
No site do Inep, até o 3º dia útil depois das últimas provas. Já os resultados individuais saem em data a ser divulgada.

26. Para que posso usar a nota do Enem?
Para entrar em universidades e conseguir bolsa do Prouni e financiamento do Fies. Jovens que não concluíram a escolarização básica também usam o Enem para pleitear a certificação no ensino médio.

Veja também

UFPE retoma atividades com aulas remotas a partir de agosto
Coronavírus

UFPE retoma atividades com aulas remotas a partir de agosto

Após reunião com Mourão, fundo nórdico diz que falta plano sobre desmatamento
Meio Ambiente

Após reunião com Mourão, fundo nórdico diz que falta plano sobre desmatamento