Notícias

Perigo do corte orçamentário motiva universitários em ato para conscientizar a população

Estudantes exibiam cartazes e banners informando à população sobre projetos acadêmicos desenvolvidos e ofertados para a sociedade

Estudantes na Praça do DerbyEstudantes na Praça do Derby - Foto: Cortesia

"Se a universidade federal sumir de Pernambuco, o que Pernambuco perde? Se a universidade pública sumir do Brasil, o que o Brasil perde?", o questionamento lançado por Ítalo Ferreira, estudante do 4º período de Odontologia na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), é o mote que levou diversos estudantes às ruas dos bairros  do Derby, Boa Viagem e Santo Amaro e até mesmo a cidade de Caruaru, na manhã deste sábado (11).

Presente no ato da Praça do Derby, Ítalo, em conjunto com outros estudantes da UFPE e da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), conversava com a população e os convidava a ir até à Praça se juntar ao ato e conferir os diversos cartazes e banners informando diferentes projetos universitários de assistência à sociedade.

Leia também:
Ministro diz que não houve corte em orçamento das universidades; confira vídeo
PE: reitores convocam para Dia D sobre importância das universidades
UFPE preocupada com corte de verbas federais

"Com esse corte a universidade perde muita coisa, mas a sociedade perde muito mais. A universidade prepara e coloca projetos de pesquisa na sociedade, mas muita gente não sabe disso. A ideia hoje é essa: mostrar o que a gente tem feito em prol das pessoas", pontua Ítalo.

Comparando a universidade com uma casa, Carla Ferraz, professora do departamento de Fisioterapia da UFPE, reflete sobre a situação das federais: "imagina um dono de casa olhando para sua casa e pensando 'eu não vou ter dinheiro para sustentar essa casa até o fim do mês'".

Para ela, o problema também vai além do estrutural. Sem investimento na ciência, o País não produz conhecimento e pensamento crítico, tendo que recorrer à produção internacional. "A gente pensa no nosso trabalho, se diminui dinheiro para pesquisa, qual vai ser o nosso papel? Pior ainda, se diminui dinheiro para pesquisa e você não consegue atrair estudantes para uma monitoria, um mestrado, um doutorado, então que tipo de formação vai estar sendo ofertada aos brasileiros?", comenta Carla.

Veja também

Putin alerta países ocidentais sobre risco real de guerra nuclear
guerra na ucrânia

Putin alerta países ocidentais sobre risco real de guerra nuclear

Ofensiva israelense em Rafah violaria decisão da CIJ, alerta ONU
guerra no oriente médio

Ofensiva israelense em Rafah violaria decisão da CIJ, alerta ONU