Peritos criminais e médicos legistas paralisam atividades nesta quarta

No IML, os serviços não devem parar, mas a liberação de corpos ficará mais lenta

Encontro aconteceu na sede do PDT, em BrasíliaEncontro aconteceu na sede do PDT, em Brasília - Foto: Richard Silva/PCdoB

Peritos criminais e médicos legistas pretendem fazer uma paralisação de 12 horas nesta quarta-feira (16). O ato, que deve ocorrer entre 7h e 19h, vai afetar o atendimento em delegacias da Polícia Civil e no Instituto de Medicina Legal (IML). De acordo com a Associação de Polícia Científica de Pernambuco (Apoc-PE), o objetivo é reivindicar um aumento salarial para a categoria. Se não forem recebidos pelo Governo do Estado para negociar, os servidores dizem que farão uma nova assembleia, à noite, para radicalizar o movimento.

No IML, os serviços não devem parar, mas a liberação de corpos ficará mais lenta, segundo a Apoc-PE. Já no Instituto de Criminalística (IC) e outras instalações onde peritos atuam, devem ser paralisadas atividades como as relacionadas à balística e à informática. O atendimento a acidentes de trânsito só será feito se houver morte da vítima. Já a presença de peritos em ocorrências de flagrantes e no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) será mantida.

“Com agentes de polícia, correlatos e delegados, o Governo negociou aumentos até 2018, e, estranhamente, deixou de fora peritos criminais e médicos legistas. Nossa luta é para ter um tratamento igual”, afirma o presidente da Apoc-PE, Enock Santos, dizendo-se preocupado com a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 55 (ex-241), que limita gastos públicos nos próximos 20 anos. “Com aumentos congelados, podemos ser prejudicados. A Secretaria de Administração tem até o dia 20 para receber propostas. Por isso, não temos muito tempo. Se não formos atendidos pelo secretário, partiremos para uma radicalização”, declara Santos.

Veja também

Paulo Skaf, que se reuniu com Bolsonaro, está com Covid-19
Bolsonaro

Paulo Skaf, que se reuniu com Bolsonaro, está com Covid-19

Três homens assaltam trem em Jaboatão dos Guararapes

Três homens assaltam trem em Jaboatão dos Guararapes