Pernambucano morre após teste físico da PM de Alagoas

Diego de Siqueira Brito Domicio Silva, de 28 anos, faleceu na noite desta segunda-feira

Hospital Geral do Estado de AlagoasHospital Geral do Estado de Alagoas - Foto: Anderson Moreira/Governo de Alagoas

O pernambucano Diego de Siqueira Brito Domicio Silva, de 28 anos, faleceu na noite desta segunda-feira (26) após realizar a última etapa do Teste de Aptidão Física (TAF), previsto no edital do concurso público para a Polícia Militar de Alagoas (PMAL). Segundo a corporação, o candidato, que é natural do Recife, passou mal após concluir a corrida de dois quilômetros e recebeu os primeiros atendimentos médicos de uma cardiologista do centro hospitalar da PMAL ainda no local.

Diego concorria ao cargo de soldado combatente da PMAL e chegou a ser aprovado no TAF. Ele foi socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), do bairro do Trapiche da Barra, em Maceió, e posteriormente encaminhado ao Hospital Geral do Estado (HGE), no mesmo bairro, mas não resistiu e veio a óbito.

A PMAL divulgou uma nota de pesar e afirmou que seu comandante-geral, o coronel Marcos Sampaio, presta condolências aos familiares e amigos de Diego em nome da instituição.

Leia também:
Pistola falha e fere aluna de curso da Polícia Civil no Recife
Pistola que feriu aluna em curso da polícia de PE fez vítimas em quase todos os estados


Segundo a nota da PMAL, Diego chegou ao HGE ainda com vida, após ser entubado em estado grave. A causa da morte é desconhecida e será investigada. Os horários e locais do velório e enterro não foram divulgados até o momento.

Veja também

Covid-19: testes devem ter papel maior nas viagens internacionais
Coronavírus

Covid-19: testes devem ter papel maior nas viagens internacionais

Áustria instaura toque de recolher e fecha hotéis e restaurantes nesta terça
Pandemia

Áustria instaura toque de recolher e fecha hotéis e restaurantes nesta terça