A-A+

Pernambucanos poderão comprar câmbio estrangeiro com Bitcoin

A iniciativa é pioneira no Estado e deve estar presente nas nove unidades da empresa

BitcoinsBitcoins - Foto: AFP

A partir ainda desta semana, a Europa Câmbio passará a aceitar Bitcoins nas compras de moedas estrangeiras. A iniciativa é pioneira no Estado e deve estar presente nas nove unidades da empresa. Para fazer a troca de moedas por criptomoedas, a corretora adotou o sistema de liquidação da fintech brasileira Z.ro, a Z.ro Pay - primeira tecnologia de pagamentos com criptomoedas do mercado nacional. O cliente que desejar fazer a transação por meio desta nova forma deve comparecer a corretora para simular as taxas e após isso será gerado um QR Code para pagar o câmbio com a carteira de criptomoeda.

A Europa Câmbio foi a primeira corretora do país a aceitar pagamentos com Bitcoin, quando em maio iniciou esse tipo de operação em suas unidades do Rio de Janeiro. A expectativa da empresa é que até o final do próximo mês todas as 25 lojas físicas - em São Paulo, Espírito Santos, Distrito Federal, Paraíba e Alagoas - também aceitem Bitcoins. Em maio, a corretora ainda deu start no câmbio com pagamentos em criptomoedas nas lojas online com entrega na Grande São Paulo. “A compra pelo e-commerce está disponível, por enquanto, apenas na Grande São Paulo. Em Pernambuco é possível apenas na loja física”, explica o diretor de operações da Empresa, Paulo Victor Pereira.

Leia também: 
Bitcoin, o novo meio de pagamento em estabelecimentos em Pernambuco
Bitcoin cai mais de 10% e atinge o menor valor desde 2017


No Estado, há lojas da Europa Câmbio no Recife (Shopping Recife, Shopping Rio Mar, Shopping Plaza, Shopping Tacaruna, Aeroporto Internacional dos Guararapes e Porto do Recife), em Jaboatão (Shopping Guararapes) e em Caruaru (Shopping Caruaru e Shopping Difusora).

"A Europa Câmbio sempre foi uma empresa que se importa com a inovação para o consumidor. Com esta nova forma de pagamento o cliente deve ser beneficiado por mais uma opção para comprar câmbio estrangeiro", detalha Pereira. "Pernambuco será o primeiro estado no País a aceitar esse tipo de pagamento. Queremos popularizar a compra por meio das criptomoedas", completa.

Ainda segundo Pereira, independente da forma de pagamento que o cliente quiser usar, ele pagará apenas o VET, ou valor efetivo total, que é a cotação da moeda acrescido do imposto (o IOF é de 1,1% na compra de moeda estrangeira em espécie) e a tarifa cobrada pela corretora. Toda instituição é obrigada a exibir o VET no local da venda da moeda. Ainda assim é preciso respeitar o limite diário estipulado pelo Banco Central. De acordo com a instituição, a compra de moeda com pagamento em espécie é de até R$ 10 mil por dia, por CPF. Esse limite também se aplica às operações com Bitcoin.

Veja também

Ursa parda do Parque Dois Irmãos será transferida para santuário ecológico em São Paulo
Folha Pet

Ursa parda do Parque Dois Irmãos será transferida para santuário ecológico em São Paulo

Tiroteio em supermercado dos EUA deixa ao menos nove feridos
EUA

Tiroteio em supermercado dos EUA deixa ao menos nove feridos