Retomada

PE anuncia protocolo da retomada das atividades presenciais em órgãos e entidades públicas

Servidores do grupo de risco permanecerão trabalhando de forma remota

Palácio do Campo das PrincesasPalácio do Campo das Princesas - Foto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

O Governo de Pernambuco anunciou, nesta segunda-feira (3), o protocolo para a retomada das atividades presenciais nos órgãos e nas entidades públicas do Estado. Segundo o governo, durante todo o mês de julho, secretarias estaduais se reuniram para discutir as medidas tomadas nesta fase da flexibilização.

O plano desenhado para o retorno dos servidores será gradual e progressivo, divido em três fases. Como as ações dependem da evolução dos indicadores da Covid-19 diariamente avaliados pela Secretaria Estadual de Saúde, ainda não há datas para o retorno.

“É muito importante adotar protocolos sanitários para a retomada das atividades presenciais, a partir de uma ampla discussão democrática entre os atores envolvidos. Isso traz uma maior segurança e proteção aos usuários dos serviços, servidores públicos e demais colaboradores que atuam nos órgãos e entidades do governo”, disse a secretária de Administração, Marília Lins. 

 

De acordo com o secretário Executivo de Pessoal e Relações Institucionais, Adailton Feitosa, “o protocolo geral de retomada gradual dos serviços presenciais do Estado foi objeto de intenso debate, tendo sua construção contado com a efetiva participação das representações classistas que integram o Fórum dos Servidores, além das contribuições de diversos órgãos e entidades do poder Executivo”, explicou.  

O cumprimento do protocolo será acompanhado por uma Comissão Central formada pela Secretaria de Administração (SAD), SES-PE e o Fórum dos Servidores Estaduais de Pernambuco, além das comissões setorial e regional de acompanhamento da retomada gradual dos serviços presenciais nos órgãos e entidades do Poder Executivo Estadual, com representantes da Gestão (indicação do órgão ou entidade) e representantes do Fórum dos Servidores (indicação dos sindicatos de base).

Entre os principais pontos do protocolo, estão o fornecimento de máscaras para servidores e empregados públicos e a disponibilização de álcool 70% no ambiente de trabalho.

Servidores do grupo de risco continuarão trabalhando de forma retoma, exceto quando for estritamente necessária a presença, enquanto perdurar a situação de emergência em razão da Covid-19. 

Quem apresentar sintomas gripais será afastado do trabalho, assim como aqueles servidores em contato direto. Os horários de início e término do expediente serão felixiblizados para evitar aglomerações.
 

Escreva a legenda aqui

Veja também

Sem norma, maior manguezal urbano fica sob risco
Meio Ambiente

Sem norma, maior manguezal urbano fica sob risco

Na favela quase todo mundo conhece alguém que teve covid-19
Coronavírus

Na favela quase todo mundo conhece alguém que teve covid-19