Pernambuco começará a vacinar adolescentes contra a meningite

A vacina que começou a fazer parte, nesta segunda-feira (04), do calendário está sendo ofertada em postos de saúde de todo o Estado

Pernambuco já recebeu 60 mil doses do imunizantePernambuco já recebeu 60 mil doses do imunizante - Foto: Arthur de Souza / FolhaPE

Em mais uma ação contra as doenças endêmicas, Pernambuco passa a oferecer através do Sistema Único de Saúde (SUS), vacina contra 4 tipos de meningite bacteriana: A, C W e Y. Dessa vez, o público-alvo são de adolescentes com idade de 11 e 12 anos.

A vacina meningocócia ACWY (conjugada), é polivalente, ou seja: oferece proteção contra 4 tipos de meningites. Na faixa etária designada substitui a meningocócica C, indicada para menores de 5 anos, e que é monovalente, protegendo apenas contra um tipo da doença. Só em Pernambuco há 341.828 jovens. A meta do Ministério da Saúde (MS) é vacinar 80% desse total.

A meningite é uma inflamação das meninges, que são como uma capa que envolvem o cérebro e a medula espinal. A vacina que começou a fazer parte, ontem, do calendário de vacinas está sendo ofertada em postos de saúde de todo o estado, ao todo já foram distribuídas 60 mil doses do imunizante. As doses também serão aplicadas nos adolescentes que já se imunizaram contra a meningocócica C.

Leia também:
Trump diz que EUA terá vacina contra coronavírus até o fim deste ano
Campanha chama a atenção para importância da prevenção da meningite
Sem vacina, não haverá Carnaval, diz governador da Bahia


Segundo dados da Secretária de Saúde de Pernambuco (SES-PE), em 2019 o Estado contabilizou 47 casos de doença meningocócia, entre eles 9 do público adolescente (entre 10 e 19 anos). No mesmo ano, dos casos notificados, 23 se confirmaram e 6 casos foram em adolescentes. Em 2020, até o momento, já foram notificados 14 casos, sendo 1 adolescente. Até agora só foi confirmado 1 caso, mas não em adolescente.

"Nas vacinações, se você vacinar bem um grupo mesmo que seja restrito, como os grupos prioritários, mesmo que pequeno, ele consegue proteger os demais grupos. O que vai garantir a proteção é a vacinação de no mínimo 80% desse grupo prioritário", disse a superintendente de Imunizações da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), Ana Catarina de Melo.

Para a imunização dos jovens é necessário levar o cartão de vacina e também, se possível, o cartão do SUS. A superintendente ainda reforça que é importante atualizar o cartão de vacinas na ida ao posto. "Os jovens podem ser imunizados contra o HPV, hepatite B, febre amarela, difteria e tétano, sarampo, rubéola e caxumba", falou Ana Catarina.

Olinda informou que já recebeu as vacinas e a distribuição ainda vai acontecer nesta semana. Já a prefeitura do Jaboatão dos Guararapes informou que recebeu as 1.930 doses e que a vacina passa a integrar a rotina. O município da Região Metropolitana do Recife informou que já está vacinando.

A prefeitura do Paulista disse que as doses já chegaram, mas não informou o quantitativo. A estratégia de vacinação ainda será montada e divulgada ainda nesta segunda-feira (4) pelo município.

Veja também

Curso aprimora habilidade de idosos para identificar fake news
Educação

Curso aprimora habilidade de idosos para identificar fake news

Polícia Rodoviária: homem é detido com 22,9 Kg de maconha após fuga em Sertânia
PRF

Polícia Rodoviária: homem é detido com 22,9 Kg de maconha após fuga em Sertânia