Pernambuco confirma 1.148 novos casos de Covid-19 e 101 mortes, nas últimas 24h

Entre os novos casos confirmados, 397 se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 751 como leves

CoronavírusCoronavírus - Foto: Freepik/Divulgação

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) divulgou, nesta terça-feira (19), que foram confirmados 1.148 novos casos da Covid-19 em Pernambuco nas últimas 24 horas, além de 101 óbitos. Com isso, o Estado totaliza 1.741 mortes pela Covid- 19 e, segundo dados da SES-PE, ainda aguarda investigação de outros 307 óbitos. 

Leia também:
Mais de 40 mil mortos por coronavírus no Reino Unido; 10 mil em asilos
Governador Paulo Câmara divulga resultado de teste positivo para Covid-19 

Entre os novos casos confirmados, 397 se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 751 como leves. Agora, Pernambuco totaliza 21.242 casos já confirmados, sendo 10.500 graves e 10.742 leves.

Graves
Dos 10.500 casos da Covid-19 notificados como graves, 1.917 evoluíram bem, receberam alta hospitalar e concluem tratamento em isolamento domiciliar. Outros 3.799 estão internados, sendo 241 em terapia intensiva (UTI) e 3.558 em leitos de enfermaria, tanto na rede pública quanto privada.

O boletim desta terça-feira registra que mais 52 pacientes se recuperaram após desenvolverem a forma mais grave da doença, totalizando 3.043 pessoas curadas da Covid- 19 no Estado. Até agora, esses casos graves com confirmação laboratorial estão distribuídos por 148 municípios do Estado, além do Arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência com pacientes de outros estados e países.

Óbitos
Mais 101 óbitos foram confirmados laboratorialmente, sendo 43 mulheres e 58 homens, residentes nos municípios de Recife (38), Jaboatão dos Guararapes (10), Olinda (9), Paulista (9), Goiana (4), Caruaru (3), São Lourenço da Mata (3), Itapissuma (2), Moreno (2), Abreu e Lima (1), Agrestina (1), Barreiros (1), Buenos Aires (1), Cachoeirinha (1), Camaragibe (1), Camutanga (1), Chã de Alegria (1), Condado (1), Garanhuns (1), Iguaraci (1), Ipojuca (1), Maraial (1), Nazaré da Mata (1), Palmares (1), Paudalho (1), Ribeirão (1), Sirinhaém (1), Surubim (1), Vicência (1) e Vitória de Santo Antão (1).

As mortes ocorreram entre os dias 18 de abril e 18 de maio, e os pacientes tinham idades entre seis e 96 anos de idade - 0 a 9 (1), 30 a 39 (2), 40 a 49 (5), 50 a 59 (19), 60 a 69 (20), 70 a 79 (30), 80 ou mais (24).

Dos 101 pacientes que vieram a óbito, 72 apresentavam comorbidades confirmadas: hipertensão (52), diabetes (38), doença cardiovascular (17), obesidade (9), doença renal crônica (8),tabagismo/histórico de tabagismo (8), histórico de AVC (4), câncer (4), doença pulmonar obstrutiva crônica (4), histórico de etilismo (4), doença de Alzheimer (3), anorexia (1), asma (1), acidente vascular encefálico - AVE (1), esquizofrenia (1), doença de Parkinson (1), tuberculose (1). Dois não tinham comorbidades e os demais estão em investigação pelos municípios.

Leitos
A rede estadual de Saúde reúne, nesta terça, um total de 1.301 leitos voltado unicamente para o atendimento de pessoas com quadros suspeitos ou confirmados da Covid-19. Foram abertos, nas últimas 24 horas, 52 novos leitos, sendo 11 de UTI e 41 de enfermaria. No total, a rede pública do Estado conta com 568 UTIs e 733 enfermarias, com taxas de ocupação em 97% e 83%, respectivamente.

Profissionais
Nas últimas 24 horas, foram processados 1.521 exames de profissionais que atuam nos serviços ligados à Saúde, com 814 diagnósticos positivos e 692 negativos. No total, 7.141 profissionais da área já passaram por testes após terem manifestado sintomas de síndromes gripais, com 3.929 confirmações de infecção pelo novo coronavírus e 2.699 resultados compatíveis com outros tipos virais. Há ainda 167 pessoas que tiveram resultado inconclusivo e devem passar por nova coleta e 346 amostras biológicas aguardando processamento.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Anvisa atualiza exigências para armazenamento de vacina da Pfizer
Coronavírus

Anvisa atualiza exigências para armazenamento de vacina da Pfizer

Governo negocia com a Pfizer mais 100 milhões de doses de vacina contra Covid
Vacina

Governo negocia com a Pfizer mais 100 milhões de doses de vacina contra Covid