saúde

Pernambuco é um dos 18 estados com sinal de crescimento de casos de Srag em crianças, aponta Fiocruz

Há sinal de crescimento de vírus respiratórios concentrados nas crianças, com destaque para internações por Vírus Sincicial Respiratório

Sistema Único de Saúde (SUS)Sistema Único de Saúde (SUS) - Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil

Pernambuco é um dos 18 estados com sinal de crescimento de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) em crianças de até os dois anos de idade, na tendência de longo prazo, observada a partir dos registros das últimas seis semanas.

A informação foi divulgada nesta quinta-feira (1º), no Boletim InfoGripe, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que avaliou dados inseridos no Sistema de Informação de Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe) até o dia 22 de maio. 

O documento também apontou crescimento na tendência de longo prazo para os seguintes estados: Acre, Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima e Sergipe.

A informação foi divulgada nesta quinta-feira (1º), no Boletim InfoGripe, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz)Foto: Divulgação

Nas unidades federativas, segundo o boletim, há sinal de crescimento de vírus respiratórios concentrados nas crianças, com destaque para internações por Vírus Sincicial Respiratório (VSR).

Na análise das capitais, Recife é uma das 14 que apresentaram sinais de crescimento de casos de Srag na tendência de longo prazo.

Confira a lista:
- Belém (PA)
- Belo Horizonte (MG)
- Cuiabá (MT)
- João Pessoa (PB)
- Macapá (AP)
- Maceió (AL)
- Manaus (AM)
- Natal (RN)
- Porto Alegre (RS)
- Porto Velho (RO)
- Recife (PE)
- Rio Branco (AC)
- Salvador (BA)
- Teresina (PI).

Nos adultos, o boletim informa que os casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave são, majoritariamente, por Covid-19.

Os dados afirmam, ainda, que, enquanto os registros associados à Covid-19 sugerem desaceleração, há indício de aumento recente para os vírus Influenza A e B em diversos estados: AL, AM, AP, BA, MT, PA, PB, PI, RN e SE.

"O cenário reforça a importância de adesão às campanhas de vacinação contra a Covid-19 e contra a gripe", diz o documento.

Questionada sobre os dados apontados no boletim da Fiocruz, a Secretaria de Saúde de Pernambuco (SES-PE) informou que, todos os anos, nos períodos equivalentes ao outono e inverno, há um aumento no número de crianças hospitalizadas no Estado, por complicações relacionadas a vírus respiratórios.

A pasta também informou que abriu 77 leitos pediátricos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Srag durante o mês de maio, além de leitos de enfermaria pediátrica nos Hospitais Belarmino Correia, na Mata Norte, Geral de Areias e Barão de Lucena, no Recife, e no Hospital Jaboatão Prazeres, na Região Metropolitana.

A SES-PE reforça a necessidade de manter o cartão de vacinação atualizado para proteger as crianças de infecções respiratórias.

"A Secretaria tem distribuído regularmente imunizantes os municípios pernambucanos para que ocorra, de forma efetiva, a vacinação contra a Covid-19 e a Influenza, esta última responsável pela maior parte dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), no Estado", afirmou a SES-PE.

Óbitos por Srag
Em todo o Brasil, em 2023, foram notificados 4.023 óbitos por Síndrome Respiratória Aguda Grave. Do total, 2.308 (57,4%) apresentaram resultado laboratorial positivo para algum vírus respiratório, 1.485 (36,9%) foram negativos e ao menos 99 (2,5%) aguardam resultado laboratorial.

Dentre os positivos neste ano, 7,5% são para Influenza A; 5,4% Influenza B; 7,1% Vírus Sincicial Respiratório, e 77,9% Sars-CoV-2 (Covid-19).

Nas quatro últimas semanas epidemiológicas, a prevalência entre os casos positivos foi de 20,9% para  Influenza A, 12,3%para Influenza B, 10,4% para Vírus Sincicial Respiratório, e 51,7% Sars-CoV-2.

Veja também

Explosão em café deixa cinco mortos na capital da Somália
ATENTADO

Explosão em café deixa cinco mortos na capital da Somália

Militantes fazem ato esvaziado contra Lula e Moraes e com exaltação a Trump
MANIFESTAÇÃO

Militantes fazem ato esvaziado contra Lula e Moraes e com exaltação a Trump

Newsletter