Sustentabilidade

Pernambuco investe na construção de três novos parques no Interior

Parques deverão proteger as margens do rio Ipojuca e garantir espaço de convivência para a população

Ilustração do projeto dos parquesIlustração do projeto dos parques - Foto: Divulgação/Seinfra

Os municípios de Belo Jardim, Bezerros e Escada, no Interior de Penrambuco, receberão o projeto Janelas para o Rio, que prevê a construção, em cada uma das cidades, de parques lineares às margens do rio Ipojuca. 

A iniciativa conta com investimentos na ordem de aproximadamente R$ 17 milhões e está a cargo da Secretaria Estadual de Infraestrutura e Recursos Hídricos.

O edital para a contratação das obras foi lançado na última sexta-feira (9).

De acordo com o Governo de Pernambuco, o intuito com a construção dos parques é proteger as margens do rio Ipojuca e garantir um espaço de convivência para a população.

Em Belo Jardim, no Agreste do Estado, o parque será implantado em uma área já usada pela população, o Parque do Bambu, espaço com área de 3,6 hectares.

Desse total, 2,83 hectares serão destinados a equipamentos e lazer o restante à preservação ambiental. O investimento será de R$ 4,5 milhões.

Em Bezerros, também no Agreste, o parque será construído no bairro de Santo Amaro, localizado na margem direita do rio Ipojuca.

A área de 1,95 hectares contará com 1,06 hectares exclusivos para equipamentos de lazer e 0,88 hectares para a preservação ambiental. O aporte será de R$ 5 milhões.

Já em Escada, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, o projeto ficará na área conhecida como Parque do Atalaia. Serão 10,48 hectares com pouco mais de seis voltados para lazer e quatro para a preservação ambiental. O investimento será de 7,5 milhões.

O prazo para a execução dos três parques é de sete meses contados a partir da assinatura da ordem de serviço.

Todos os parques contarão com calçadas, arborização e vegetação paisagística, pista de cooper, quadras esportivas, playgrounds, portaria, administração, quiosque, sanitários e bloco destinado à educação ambiental, área de reflorestamento, central de resíduos, mobiliário urbano, sinalização e iluminação pública.

O projeto foi elaborado pela Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), dentro do Programa de Saneamento Ambiental da Bacia Hidrográfica do Rio Ipojuca.

No momento, estão em andamento as obras dos parques em Caruaru, Gravatá e São Caetano.

De acordo com a secretária estadual de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista, cerca de R$ 1,5 bilhão vêm sendo investidos na revitalização da bacia do Rio Ipojuca.

"O Janelas para o Rio é um conjunto de intervenções previstas nos planos hidroambientais das bacias do rio Capibaribe e Ipojuca, para proteger as margens do rio de usos indevidos e ocupações irregulares, valorizando o espaço público com o incentivo ao lazer contemplativo, recreação e prática de atividades físicas", afirmou.

Mais detalhes sobre o edital podem ser obtidos junto à Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), no site servicos.compesa.com.br ou pessoalmente, na avenida Cruz Cabugá, nº 1.387, no bairro de Santo Amaro, área central do Recife. 

Veja também

Epicentro dos protestos da Colômbia, Cali decreta estado de emergência
América do Sul

Epicentro dos protestos da Colômbia, Cali decreta estado de emergência

Menina atira em três pessoas em escola dos Estados Unidos
Violência

Menina atira em três pessoas em escola dos Estados Unidos