Coronavírus

Pernambuco recebe primeiro lote com 60 mil doses de vacina pediátrica

Mudança na programação da Latam atrasou a previsão inicial

Carga chegou em avião da Latam no Aeroporto do RecifeCarga chegou em avião da Latam no Aeroporto do Recife - Foto: Lucas Rezende/SES-PE

Pousou no Aeroporto do Recife, na Imbiribeira, Zona Sul da capital pernambucana, na manhã desta sexta-feira (14), o avião com o primeiro lote de 60 mil vacinas contra a Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos.

De acordo com a Latam, o embarque aconteceu no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, às 7h35, e o avião chegou ao Estado às 10h40. Monitoramento em tempo real do site especializado FlightStats indica que o voo 3394 aterrissou às 10h53.

A princípio, o voo deveria ter chegado à 1h20 desta sexta. Uma mudança na programação, no entanto, atrasou o cronograma. Segundo a Latam, “o voo informado anteriormente era uma previsão”. 

 

Após o recebimento e liberação, as doses seguem para a sede do Programa Estadual de Imunizações (PNI-PE) para conferência e posterior encaminhamento aos municípios. A vacina da Pfizer é a única, até o momento, autorizada pela Anvisa para aplicação nessa faixa etária.

 “Nossa logística já está montada para o envio das doses para todas as Regionais de Saúde, onde os municípios fazem a retirada. Após o recebimento, iniciaremos nossa distribuição ainda nesta sexta-feira, finalizando no sábado (15)”, explica a superintendente de Imunizações do Estado, Ana Catarina de Melo.

O envio de novas doses será feito pelo Ministério da Saúde de forma gradativa, conforme ressalta o secretário estadual de Saúde, André Longo.

“Estamos vivendo o mesmo momento de um ano atrás, que é o envio de remessas abaixo do necessário para fazer grandes avanços. Diante desse fato, precisamos eleger prioridades dentro das prioridades previstas”, afirmou o gestor.

Das 60 mil doses, 5.960 serão destinadas para 100% dos indígenas de 5 a 11 anos e 53.980 doses serão para 4,28% da população de crianças de 5 a 11 anos, dentro do grupo prioritário.

Vacinação
Estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) indicam que há cerca de 1,1 milhão de crianças de 5 a 11 anos no Estado. O total de doses do primeiro lote corresponde, portanto, a cerca de 5,2% da população infantil agora apta a ser vacinada contra o coronavírus.

Ao todo, chegarão 4,3 milhões de doses para crianças ainda em janeiro, de acordo com o Ministério da Saúde. O imunizante usado será o da Pfizer, único aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em 16 de dezembro, há quase um mês, para uso em crianças dessa faixa etária.

Os primeiros grupos vacinados em Pernambuco serão o de crianças com comorbidades neurológicas, distúrbios do desenvolvimento e indígenas. A prioridade foi pactuada em reunião, esta semana, da Comissão Intergestora Bipartite (CIB).

As cidades pernambucanas se preparam para dar início à vacinação das crianças. O Recife usará dois postos exclusivos, o Sest/Senat, no Porto da Madeira, e o campus da UFPE, na Cidade Universitária. Em Jaboatão dos Guararapes, serão três, e a gestão municipal esperava começar a vacinação já neste sábado (15).
 

Veja também

Derramamento de óleo atribuído à erupção no Pacífico atinge áreas de proteção no PeruDanos ambientais

Derramamento de óleo atribuído à erupção no Pacífico atinge áreas de proteção no Peru

Defesa divulga carta em que suspeito de matar Beatriz se diz inocente e pressionado a confessarCaso Beatriz

Defesa divulga carta em que suspeito de matar Beatriz se diz inocente e pressionado a confessar