Boletim

Pernambuco passa dos 70 mil confirmados com a Covid-19

CoronavírusCoronavírus - Foto: Pixabay

Pernambuco ultrapassou, nesta sexta-feira (10), a marca dos 70 mil casos positivos da Covid-19 com diagnóstico laboratorial - fora a reconhecida subnotificação. Entre as 70.100 pessoas que foram oficialmente notificadas, até o momento, no Estado, 20.850 (30%) apresentaram quadros de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), enquanto 49.250 (70%) tiveram sintomas leves da doença provocada pelo novo coronavírus. 

Nesta sexta, segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), foram adicionados mais 1.333 casos, dos quais 1.171 (88%) são  pacientes que não demandaram internamento hospitalar e que estavam na fase final da doença ou já curados. Os outros 162 (12%) são graves. Foram registrados também mais 73 óbitos, subindo para 5.482 o número de vítimas fatais em decorrência das complicações provocadas pelo Sars-CoV-2. Há, ainda, 61 mortes por Srag em investigação para diagnóstico da Covid-19. 

Curas
Em contrapartida, o boletim desta sexta notificou a cura de mais 1.487 pessoas, chegando a 49.483 o total de recuperados da Covid-19 em todo o Estado. Desse grupo, 10.405 foram pacientes com quadros graves - o que equivale a 49,9% dos pacientes diagnosticados com Srag associada à Covid-19 -, enquanto 39.078 tiveram sintomas leves. 

Graves 
Embora tenha registado mais de três mil curados durante esta semana, Pernambuco chega a esta sexta com um número maior de casos ativos do que o visto na última segunda-feira (6). São 15.135 - 1.073 a mais do que na segunda. O número de casos graves ativos, porém, baixou de 5.124 (segunda) para 4.963. Desses, 368 estão em isolamento domiciliar e outros 4.595 encontram-se internados, sendo 4.237 em leitos de enfermaria e 358 em regime de terapia intensiva (UTI). Até agora, 180 dos 185 municípios do Estado já registraram pacientes com quadros graves da Covid-19, além do arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência com pacientes de outros estados e países. 

Óbitos 

Os 73 óbitos notificados nesta sexta estão distribuídos pelos municípios de Água Preta (1), Aliança (2), Amaraji (1), Barreiros (1), Belo Jardim (1), Bezerros (2), Brejo da Madre de Deus (2), Cabo de Santo Agostinho (2), Camaragibe (3), Carpina (1), Caruaru (9), Catende (1), Chã de Alegria (1), Cupira (1), Goiana (1), Gravatá (2), Igarassu (1), Itambé (1), Jaboatão dos Guararapes (6), João Alfredo (1), Lajedo (2), Olinda (5), Paulista (2), Pesqueira (2), Pombos (1), Primavera (1), Quipapá (1), Recife (10), Rio Formoso (1), Saloá (2), Santa Cruz do Capibaribe (1), São Lourenço da Mata (1), Serra Talhada (1), Surubim (1), Timbaúba (1), Vitória de Santo Antão (1). 

Os pacientes (38 do sexo feminino e 35 do sexo masculino) tinham idades entre 35 e 95 anos - 30 a 39 (2), 40 a 49 (7), 50 a 59 (8), 60 a 69 (11), 70 a 79 (24), 80 anos ou mais (21). Das 73 vítimas, 45 apresentavam comorbidades confirmadas: hipertensão (21), diabetes (21), doença cardiovascular (17), doença renal (6), tabagismo/histórico de tabagismo (6), doença respiratória (6), obesidade (4), câncer (3), etilismo (2), imunosupressão (1), AVC (1), doença hepática (1), Alzheimer (1) - um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Seis não tinham comorbidades e os demais estão em investigação pelos municípios. 

Das 73 mortes registradas nesta sexta, 27 aconteceram neste mês e 15 foram em junho. Outras 31 aconteceram ainda no mês de maio, considerado o pico da epidemia no Estado. No período entre 11 e 19 de maio, por exemplo, ocorreram mais de 100 mortes diárias - a exceção é o dia 13, com 93 mortes. Só no dia 14, porém, já foram identificadas 127 mortes. Os três dias seguintes registram 112, 114 e 108 óbitos, respectivamente.

Distribuição por municípios dos pacientes internados por Covid-19 em PernambucoRegistro por município dos pacientes internados com a Covid-19 em Pernambuco, nesta sexta-feira (10) 
 

Veja também

Bolsonaro terá 15 dias para pagar R$ 2.600 após perder ação para Jean Wyllys
PROCESSO JUDICIAL

Bolsonaro terá 15 dias para pagar R$ 2.600 após perder ação para Jean Wyllys

Homens que ameaçaram jovem negro em shopping do Rio são identificados como PMs
Agressão

Homens que ameaçaram jovem negro em shopping do Rio são identificados como PMs