PERNAMBUCO

Covid-19: mortalidade entre profissionais da Saúde em PE é de 0,35%

Em todo o Estado, já são 5.772 mortes em razão do novo coronavírus

Testes em laboratórioTestes em laboratório - Foto: Luis ROBAYO / AFP

Pernambuco notificou, até esta quarta-feira (15), mais de 40 mil profissionais que atuam nos serviços ligados à Saúde com sintomas de síndromes gripais. Dos 40.689 servidores dos setores público e privado que foram submetidos a exames, 17.476 receberam diagnóstico positivo para a presença do novo coronavírus, enquanto 22.879 tiveram resultado negativo. No momento, há 36 amostras aguardando processamento laboratorial, número mais baixo dos últimos três meses. 

Entre os 17.476 infectados, 15.916 estão recuperados (91,8%). Outros 146 são casos ativos, estando 100 profissionais hospitalizados e 46 em isolamento domiciliar. Até o momento, 58 não resistiram às complicações provocadas pela Covid-19. Outros 1.223 não têm informado o desfecho do quadro. 

Levando em consideração apenas a quantidade de profissionais com acompanhamento até a conclusão do quadro viral (16.120), a taxa de mortalidade pela Covid-19 neste grupo é de 0,35%. Um recorte diferente se comparado ao Estado como um todo e que reafirma a subnotificação geral. Em Pernambuco, são 74.960 casos diagnosticados da doença, com 5.772 mortes, o que corresponde uma mortalidade de 7,7% pela Covid-19. 

Entre os profissionais da Saúde acometidos pela Covid-19, a grande maioria é do sexo feminino (72,7%). A faixa etária com maior número de infectados é entre 30 e 39 anos, que corresponde a 34,2% dos casos. O grupo de 40 a 49 anos responde por 28,5% dos casos positivos, enquanto os que têm entre 20 e 29 anos somam 17,8%. 

As ocupações mais afetadas são auxiliar e técnico de enfermagem, que, juntos, somam 4.663 casos (26,9%). Os enfermeiros vêm na sequência, com 1.935 infecções (11,2%). Depois aparecem os biomédicos, com 1.300 (7,7%), e os médicos, com 1.310 (7,6%). Há registros ainda de nutricionistas, fisioterapeutas, psicólogos, profissionais dos departamentos administrativos, motoristas, médicos veterinários, entre outros cargos. 

Novos casos 
Nesta quarta, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou 1.384 novos casos da Covid-19, sendo 1.221 (88%) casos leves, ou seja, pacientes que não demandaram internamento hospitalar e que estavam na fase final da doença ou já curados, e outros 163 (12%) enquadrados como Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Agora Pernambuco totaliza 74.960 casos já confirmados da doença (21.484 graves e 53.476 leves). Foram comprovadas laboratorialmente mais 57 mortes, elevando o número de vítimas fatais no Estado para 5.772. Há ainda 71 óbitos suspeitos aguardando diagnóstico. 

Curas
Nas últimas 24 horas, foram registradas mais 383 curas, subindo para 53.355 o total de pessoas recuperadas da doença no Estado. Desse total, 10.946 foram pacientes que manifestaram a forma mais grave da Covid-19, enquanto 42.409 apresentaram sintomas leves e não necessitaram de hospitalização. 

Graves 
Pernambuco tem, no momento, 15.833 casos ativos da Covid-19, sendo 4.766 pacientes com SRAG associada ao novo coronavírus. Desse grupo, 372 estão em isolamento domiciliar e 4.394 se encontram hospitalizados - 4.057 em leitos de enfermaria e 337 em regime de terapia intensiva (UTI). Até agora, 181 dos 185 municípios do Estado já registraram pacientes com quadros graves da Covid-19, além do arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência com pacientes de outros estados e países. 

Óbitos 
As 57 mortes notificadas em razão do novo coronavírus ocorreram entre os dias 22 de abril e 11 de julho. Esses pacientes (31 do sexo feminino e 26 do sexo masculino) eram residentes nos municípios de Abreu e Lima (1), Aliança (1), Barreiros (1), Bodocó (1), Bom Jardim (1), Cabo de Santo Agostinho (1), Camaragibe (4), Caruaru (3), Escada (2), Feira Nova (1), Flores (1), Frei Miguelinho (1), Goiana (1), Igarassu (1), Itapetim (1), Jaboatão dos Guararapes (3), Lagoa do Carro (1), Limoeiro (2), Olinda (7), Orobó (1), Paranatama (1), Paulista (4), Petrolândia (1), Petrolina (1), Recife (12), São Caitano (2) e São Lourenço da Mata (1). 

As vítimas fatais tinham idades entre 27 e 96 anos - 29 a 29 (1), 30 a 39 (3), 40 a 49 (3), 50 a 59 (4), 60 a 69 (17), 70 a 79 (14), 80 anos ou mais (15). Das 57 vítimas, 44 apresentavam comorbidades confirmadas: diabetes (20), doença cardiovascular (18), hipertensão (17), tabagismo/histórico de tabagismo (5), doença pulmonar (5), doença de Alzheimer (4), doença renal (4), histórico de AVC/AVE (2), doença respiratória (2), doença hepática (2), doença vascular (2), câncer (2), epilepsia (1), obesidade (1), doença neurológica (1), leucemia linfóide (1), anorexia (1), etilismo (1) e hipotireoidismo (1) - um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Uma pessoa não tinha comorbidades e as demais estão em investigação pelos municípios. 

Veja também

Mundo ultrapassa 20 milhões de casos oficiais de coronavírus
Coronavírus

Mundo ultrapassa 20 milhões de casos oficiais de coronavírus

Trump é escoltado de conferência de imprensa na Casa Branca por segurança
eua

Trump é escoltado de conferência de imprensa na Casa Branca por segurança