Segurança pública

Pernambuco registra, em agosto, menor total de homicídios em seis anos

Comparativo leva em consideração os meses de agosto do período

Delegacia de Polícia de HomicídiosDelegacia de Polícia de Homicídios - Foto: Divulgação/PCPE

Pernambuco registrou em agosto deste ano 267 assassinatos, segundo balanço da Secretaria de Defesa Social (SDS-PE) divulgado nesta terça-feira (15). Segundo dados da pasta, o índice é 2,9% menor em relação ao mês de agosto de 2019, quando houve 275 homicídios, além de ser o agosto com o menor número de mortes violentas dos últimos seis anos.

Agosto de 2020 foi ainda o mês com o menor número de homicídios dos últimos 13 meses - atrás apenas de julho de 2019, que teve 249 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs). O Agreste de Pernambuco liderou a diminuição entre as regiões e foi determinante para retração global, segundo a SDS-PE. Mortes violentas de mulheres e estupros também apresentaram queda no balanço do mês.


“Nesses últimos oito meses, vínhamos trabalhando para quebrar a tendência de alta dos homicídios, verificada em todo o País em 2020, e de forma até mais acentuada em outros estados, especialmente os do Nordeste. Vamos continuar enfrentando a criminalidade com técnica e dedicação na busca pela consolidação da redução, assim como ocorreu em todo o ano de 2019, em relação a 2018, e nesse mesmo ano em relação a 2017”, contextualiza o secretário de Defesa Social, Antonio de Pádua, que acrescenta ainda que nos 31 dias de agosto, 265 acusados de assassinatos foram presos no Estado.
Regiões

Com 15% de redução, o Agreste apresentou o maior recuo entre as regiões do Estado. Foram 80 homicídios em agosto deste ano ante 68 em agosto de 2019. A Região Metropolitana (exceto o Recife) verificou retração de -1,25%. Foram 79 crimes contra a vida consumados em agosto deste ano, um a menos do que no do ano passado. 

Já o Recife manteve os mesmos 41 CVLIs nessa comparação. Por outro lado, a Zona da Mata computou 47 ocorrências, com uma vítima a mais do que em 2019. No Sertão, foram quatro homicídios a mais, fechando o oitavo mês de 2020 com 32 casos. 

Série históricaSérie histórica de homicídios (Foto: Divulgação/SDS-PE)


100 cidades sem homicídios
De acordo com a SDS-PE, em agosto, 100 dos 185 municípios pernambucanos - incluindo o distrito de Fernando de Noronha - não registraram homicídios. Veja a lista:

Afogados da Ingazeira, Afrânio, Agrestina, Angelim, Barra de Guabiraba, Belém de São Francisco, Betânia, Bodocó, Bom Conselho, Brejinho, Cabrobó, Cachoeirinha, Calçado, Canhotinho, Capoeiras, Carnaíba, Carnaubeira da Penha, Casinhas, Cedro, Chã de Alegria, Chã Grande, Correntes, Cumaru, Cupira, Custódia, Dormentes, Exu, Feira Nova, Fernando de Noronha (distrito), Ferreiros, Floresta, Frei Miguelinho, Gameleira, Granito, Iati, Ibirajuba, Iguaraci, Ingazeira, Ipubi, Itacuruba, Itaíba, Itamaracá, Itapetim, Itapissuma, Itaquitinga, Jaqueira, Jataúba, Jatobá, João Alfredo, Joaquim Nabuco, Jucati, Jurema, Lagoa do Carro, Lagoa do Ouro, Lagoa dos Gatos, Limoeiro, Machados, Manari, Moreilândia, Nazaré da Mata, Orobó, Ouricuri, Palmeirina, Paranatama, Parnamirim, Passira, Pedra, Poção, Quipapá, Quixaba, Ribeirão, Sairé, Salgadinho, Salgueiro, Saloá, Sanharó, Santa Cruz, Santa Cruz da Baixa Verde, Santa Filomena, Santa Maria da Boa Vista, Santa Terezinha, São Benedito do Sul, São Joaquim do Monte, São José da Coroa Grande, Serrita, Solidão, Tabira, Tacaimbó, Tacaratu, Tamandaré, Terezinha, Terra Nova, Timbaúba, Tracunhaém, Tupanatinga, Tuparetama, Venturosa, Vertente do Lério, Vertentes, Xexéu.

Redução de assassinatos de mulheres e estupros
O balanço da SDS-PE aponta que 19 mulheres foram assassinadas em Pernambuco em agosto de 2020. No mesmo mês do ano passado, foram 21 - uma queda, portanto de 9,5%. Em relação aos feminicídios, foram cinco assassinatos pela condição de gênero nos dois últimos agostos.

A Polícia Civil registrou 178 denúncias de casos de esturpo em agosto deste ano. Em agosto do ano passado foram 219 queixas de mulheres vítimas desse crime - redução de 18,72%. No acumulado do ano, acrescenta a SDS-PE, houve recuo de 17,01%, tendo saído de 1.717 para 1.425 estupros registrados.

Em relação à violência doméstica, 3.479 boletins de ocorrência foram registrados em agosto de 2020, 8,31% a mais do que os 3.212 de agosto de 2019. Nos oito meses iniciais de 2020, a redução acumulada no registro dessa modalidade criminosa é de 5,42% (de 27.601 para 26.104).

 

Veja também

Fernando de Noronha confirma mais seis casos de Covid-19
Coronavírus

Fernando de Noronha confirma mais seis casos de Covid-19

Carro-bomba mata 30 membros das forças de segurança afegãs
Atentado

Carro-bomba mata 30 membros das forças de segurança afegãs