Coronavírus

Pernambuco registra mais 15 mortes pela Covid-19, e número de óbitos passa de 8,5 mil

Dose da vacina contra o coronavírus CoronaVac, da empresa chinesa SinovacDose da vacina contra o coronavírus CoronaVac, da empresa chinesa Sinovac - Foto: Silvio Avila/AFP

Pernambuco confirmou, nesta terça-feira (20), mais 15 mortes pela Covid-19. A atualização, feita pela Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE), fez o Estado passar da marca de 8,5 mil mortos pela doença. Desde 25 de março, quando foram registradas as primeiras mortes, 8.505 pessoas perderam a vida por causa do novo coronavírus.

O informe da SES-PE ainda traz a notificação de 664 novos casos, dos quais 38 são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 626 são leves. O Estado contabiliza, ao todo, 156.794 casos confirmados da doença, sendo 26.747 graves e 130.047 leves.

Dos 15 mortos no registro, dois foram no último domingo (18). Os demais 13 registros ocorreram entre 26 de abril e a última sexta-feira (16). Os pacientes tinham idades entre 36 e 81 anos. As faixas etárias são: 30 a 39 (1), 50 a 59 (2), 60 a 69 (2), 70 a 79 (9) e 80 ou mais (1).

As novas mortes são de moradores dos municípios de Alagoinha (1), Camaragibe (1), Jaboatão dos Guararapes (3), Passira (2), Pesqueira (1), Recife (2), São Lourenço (2), Trindade (1) e Vitória de Santo Antão (2). 

Dos 15, 14 pacientes apresentavam doenças préexistentes: doença cardiovascular (9), diabetes (6), hipertensão (4), doença renal (2), tabagismo (2), Alzheimer (1), doença respiratória (1), obesidade (1), tabagismo (1) - um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Um caso está em investigação.

Além disso, o boletim registra um total de 139.453 pacientes recuperados da doença. Desses, 17.087 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 122.366 eram casos leves.

 

Veja também

Com estoques pela metade, Hemope reforça pedido para doações
Doação de sangue

Com estoques pela metade, Hemope reforça pedido para doações

Aulas presenciais na rede municipal de Ipojuca voltarão apenas em 2021
Educação

Aulas presenciais na rede municipal de Ipojuca voltarão apenas em 2021