Pernambuco registra menor taxa de abandono escolar do Brasil

Há dez anos, Pernambuco era o penúltimo estado no indicador de abandono no Ensino Médio, com 24%

Escola estadual de PernambucoEscola estadual de Pernambuco - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

Pelo quinto ano consecutivo, o Ensino Médio da rede estadual de ensino de Pernambuco registrou a menor taxa de abandono escolar do Brasil, com 1,5% de evasão. O dado foi divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao Ministério da Educação (MEC), nessa segunda (3). A média, no Brasil, foi de 6,9% nas escolas estaduais urbanas. Segundo a Secretaria de Educação de Pernambuco, desde 2013 o Estado se mantém na primeira colocação.

Há dez anos, Pernambuco era o penúltimo estado no indicador de abandono no Ensino Médio, com 24%. No ranking de 2017, o estado vem seguido por Goiás (2,8%), Espírito Santo (3,4%) e São Paulo (3,9%). Do Nordeste, Maranhão (6,4%) e Ceará (6,6%) também estão entre os dez primeiros colocados, 8º e 9º, respectivamente.

Leia também:
Educação de Pernambuco supera média nacional
Educação é o assunto de maior interesse dos brasileiros segundo pesquisa


Nos anos finais do Ensino Fundamental (do 6º ao 9º ano), as escolas estaduais pernambucanas também ocupam a primeira colocação no indicador de 2017, com taxa de abandono escolar de 1%. No Brasil, a média foi de 2,5%. Goiás (1,2%), Santa Catarina (1,3%) e Mato Grosso (1,5%) seguem Pernambuco no ranking. Nenhum outro estado do Nordeste está entre os dez mais bem colocados.

Para o secretário de Educação de Pernambuco, Fred Amâncio, a redução da taxa é um desafio, e o Estado tem desenvolvido trabalhos para tornar as escolas mais interessantes para os alunos. "Temos projetos para deixar as escolas mais atrativas, como unidades de tempo integral, escolas técnicas, programas como o Ganhe o Mundo e ensino de robótica", disse. "Além disso, quando o estudante começa a deixar de frequentar a escola, por exemplo, é feito um trabalho de conversa com ele e com os pais, para fazer com que entendam que o espaço é importante para o desenvolvimento e que eles acreditem nas escolas", acrescentou.

Taxa de aprovação

Os dados do Inep destacam ainda a rede estadual de Pernambuco com a melhor taxa de aprovação no Ensino Médio, com 92,6%. No Brasil, o total foi de 81,2%. O ranking registra os estados de Goiás (91,9%), Ceará (88,3%) e São Paulo (86,6%) também no topo da tabela.

Nos anos finais do Ensino Fundamental, 92,1% foi a taxa de aprovação registrada pelo Inep em Pernambuco no balanço de 2017. A média nacional da taxa de aprovação nas escolas estaduais foi de 86,8%.

Apesar dos números positivos, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), Fernando Melo, afirma que a taxa de evasão ainda é considerável no Estado. "Não é uma situação que esteja resolvida em nosso Estado, os números ainda existem e são preocupantes. Quando se comemora essas taxas, se tenta tirar o foco da realidade. Registrar que Pernambuco está abaixo de outros estados, tudo bem, mas usar para desviar o foco é onde mora o perigo", afirmou.

Segundo ele, é necessário estar atento a dados como do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados em maio deste ano, que mostram que Pernambuco é o segundo estado do País a ter mais pessoas entre 15 e 29 anos sem estudar ou trabalhar.

Veja também

Depois de anúncio de Pazuello, governadores confirmam início da vacinação nesta segunda
Imunização

Depois de anúncio de Pazuello, governadores confirmam início da vacinação nesta segunda

Conheça os Bidens, a nova 'primeira família' dos Estados Unidos
Presidente dos EUA

Conheça os Bidens, a nova 'primeira família' dos Estados Unidos