Pernambuco registra recorde de transplantes em 2017

Foram realizados 1.790 procedimentos, o maior número desde o surgimento da Central de Transplantes (CT-PE), em 1995

Estado registra recorde de transplantes em 2017Estado registra recorde de transplantes em 2017 - Foto: Cortesia

Pernambuco registrou um novo recorde em 2017 na realização de transplantes. Foram realizados 1.790 procedimentos, o maior número desde o surgimento da Central de Transplantes (CT-PE), em 1995. O número é 22,27% maior do que em 2016, com 1.464 procedimentos. O recorde anterior foi 1.690 em 2012.

Leia também:
Transplante de células-tronco dá esperança a pacientes com esclerodermia
Central de Transplantes faz mobilização em dia do doador de órgãos

A coordenadora da CT-PE, Noemy Gomes, explica que no ano de 2017 foi possível retomar o status de córnea zero, quando o paciente, após realizar os exames para ser inscrito na fila de espera, faz o transplante em no máximo 30 dias. Noemy também enfatiza que outro recorde alcançado foi o de transplantes de coração e rim.

Em Pernambuco, no ano passado, foram realizados 404 transplantes de rim. Antes, o maior número havia sido 344 em 2015. O de coração foi o maior crescimento, com 54, crescimento de 42% quando comparado com 2016, que teve 38, e batendo o recorde de 2015 com 45.

Veja também

Irlanda e País de Gales voltam a se confinar ante aumento dos casos de coronavírus
Segunda onda

Irlanda e País de Gales voltam a se confinar ante aumento dos casos de coronavírus

Cão que saltou em canal em Boa Viagem volta para casa
Folha Pet

Cão que saltou em canal em Boa Viagem volta para casa