Pernambuco tem mais de 4 mil profissionais da Saúde infectados

Auxiliares e técnicos de enfermagem são as categorias mais atingidas pelo novo coronavírus no Estado

Testes de coronavírusTestes de coronavírus - Foto: ATTA KENARE / AFP

Até esta quarta-feira (20), Pernambuco havia registrado um total de 4.371 infecções pelo novo coronavírus em profissionais que atuam nos serviços relacionados à Saúde, seja nos setores público estadual e municipais ou no setor privado. Outros 3.162 exames tiveram resultado negativo e 163 foram inconclusivos, devendo essas pessoas passarem por novas coletas. Há ainda 287 amostras biológicas de profissionais da Saúde aguardando processamento laboratorial.  No total, 7.983 já foram notificados e passaram por exames após apresentarem sintomas de síndromes gripais.  

Desde o dia 18 de abril, quando foram iniciados os trabalhos nos centros de testagens para profissionais da Saúde, até esta quarta-feira (20), foram coletados 3.804 exames. Desses, 1.440 foram do tipo RT-PCR, com coleta de material via swab nasal e orofaríngeo, que identifica a presença do vírus nos primeiros dias de sintomas da Covid-19, e outros 2.364 do tipo rápido, que investiga a presença de anticorpos após o desaparecimento dos sintomas.

Os centros de testagem atendem não só os profissionais de Saúde como também os familiares que convivem com eles. Há três unidades: no Centro de Formação dos Servidores e Empregados Públicos de Pernambuco (Cefospe), na Boa Vista; na sede da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), no Bongi, e no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda.

SES-PE
A maioria dos profissionais que contraíram a Covid-19, doença provocada pelo Sars-CoV-2, no entanto, está na rede do Estado. Segundo a SES-PE, são 2.710 servidores com exame positivo, o que equivale a 61.99% da categoria atingida. Esses profissionais atuam em Unidades de Pronto Atendimento (UPA), Unidades Pernambucanas de Atenção Especializada (UPAE) e hospitais.

Leia também:
Em 24h, Pernambuco registra 1.318 novos casos e 93 mortes pela Covid-19
Brasil se aproxima dos 300 mil casos da Covid-19
PCR entrega alojamento provisório para profissionais da linha de frente do combate à Covid-19

 Desses 2.710 servidores atingidos, 69,9% são mulheres e 30,1%, homens. A grande maioria, mais 80%, tem idades entre 30 e 59 anos - 30 a 39 (29,7%), 40 a 49 (28,7%) e 50 a 59 (23,2%). Os servidores na faixa de 20 a 29 anos correspondem a 10,4%, enquanto os que têm entre 60 e 69 anos representam 6,7%. Aqueles com mais de 70 anos são 1,4%.

A maior parte dos infectados atua como técnico e auxiliar de enfermagem e no atendimento. Esse grupo reúne 1.131 pessoas doentes (41,7%). Os profissionais dos departamentos administrativos da SES-PE acometidos pela Covid-19 são 479 (17,7%). Em seguida aparecem os médicos, com 420 infectados (15,5%). Os enfermeiros representam 10,3% (279). Há casos registros também em profissionais da fisioterapia (45), assistência social (24), nutrição (15), além de farmacêuticos (15), entre outros.

Os óbitos entre servidores da SES-PE são 27, o que corresponde a um percentual de 0,9% de mortalidade. Os atendestes, técnicos e auxiliares de enfermagem são, novamente, o grupo mais afetado, com oito óbitos. Faleceram ainda três auxiliares de serviços gerais, dois enfermeiros, um auxiliar de câmara clara e escura, um auxiliar sanitário, um radiologista, um biomédico, um médico e um psicólogo.



Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Assassinatos de albinos cresceram na pandemia, afirma especialista da ONU
Mundo

Assassinatos de albinos cresceram na pandemia, afirma especialista da ONU

Itapissuma amplia vacinação para pessoas sem comorbidade a partir dos 27 anos
Covid-19

Itapissuma amplia vacinação para pessoas sem comorbidade a partir dos 27 anos