Começa interdição de trecho da BR-232 para recuperação de passarela

Obra deve durar 120 dias e custa aproximadamente R$ 781,4 mil

Interdição da passarela afeta trânsito no bairro do CuradoInterdição da passarela afeta trânsito no bairro do Curado - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Começou nesta quarta-feira (25) a interdição do trecho do quilômetro 8,2 da pista principal da BR-232, na altura do bairro do Curado, Zona Oeste do Recife, para a recuperação preventiva da estrutura da passarela instalada no local. O equipamento fica instalado nas proximidades da fábrica da Coral, antes do viaduto ferroviário e do Atacado dos Presentes.

Segundo o Departamento de Estradas e Rodagens de Pernambuco (DER-PE), o bloqueio ocorre no sentido Caruaru da rodovia e deve se estender por até 120 dias. O custo da obra é de aproximadamente R$ 781,4 mil. De acordo com Maurício Canuto, diretor-presidente do DER-PE, as obras são motivadas pelos danos causados por colisões recorrentes na estrutura, considerada antiga.

“É um serviço necessário. A passarela já tem mais de 25 anos. Enquanto as obras interditarem as vias, os motoristas devem ficar atentos à sinalização e serão disponibilizadas equipes de trânsito que ficarão encarregadas de dar orientações aos condutores”, afirmou. O diretor destacou ainda que, a princípio, não há previsão de outras obras de reestruturação.

Leia também:
Duplicação da ponte do Janga deve ser concluída até o fim do ano
Obra em passarela interdita pistas da BR-232, no Recife


Reclamações acerca da estrutura e da falta de segurança no trecho são recorrentes entre os pedestres que utilizam a passarela. A vendedora Rafaela Barbosa, 24, testemunhou o acidente que aconteceu na última semana. “Sempre acontecem esses acidentes por aqui, os caminhões passam, batem e a gente sente o tremor”, disse.

O estudante Luciano Galindo, 64, passa pela travessia diariamente para ir à faculdade. Para ele, os problemas mais graves são relacionados à segurança. “Passo por aqui de noite e nunca me sinto seguro. Não fica ninguém fazendo a segurança e a iluminação é precária. É importante que, além das questões estruturais, sejam melhoradas esses pontos“, afirmou.

A recuperação da estrutura, que possui aproximadamente 60 metros de comprimento e 5,5m de altura, pretende proporcionar mais segurança para a população que passa no local. A interdição se estende à pista principal no sentido Recife, na quinta-feira (26). O tráfego local será desviado para as pistas laterais da rodovia. As interdições somam um trecho de 600 metros de extensão. Para o serviço, as lombadas eletrônicas localizadas entre os quilômetros 6,2 e 9,2 serão desligadas.

Segundo o DER-PE, motoristas que seguem do Recife com destino ao Interior do Estado devem pegar o desvio obrigatório à direita e seguir pela pista lateral até o final e retornar à pista principal da BR-232, antes do viaduto ferroviário. Já quem segue no sentido Interior/Recife, ao descer do viaduto ferroviário, entrarão no desvio à direita e seguirão em frente pela pista lateral, retornando à pista principal no final das faixas locais.

Veja também

Secretário Lucas Ramos anuncia compra de software para monitoramento da vacinação
PERNAMBUCO

Secretário Lucas Ramos anuncia compra de software para monitoramento da vacinação

Paulo Câmara sanciona lei que institui auxílio financeiro para artistas e grupos carnavalescos
Auxílio Emergencial

Paulo Câmara sanciona lei que institui auxílio financeiro para artistas e grupos carnavalescos