Engenheiro é preso com 69 cápsulas de cocaína no estômago no Aeroporto do Recife

O suspeito, que é venezuelano, foi levado para o Hospital da Restauração, onde foi medicado e expeliu 69 cápsulas de cocaína que estavam em seu estômago

Homem tinha ingerido 69 cápsulas de cocaína, o equivalente a 930 gramas da drogaHomem tinha ingerido 69 cápsulas de cocaína, o equivalente a 930 gramas da droga - Foto: Divulgação / PF

Um venezuelano foi preso pela Polícia Federal em Pernambuco (PF) com 69 cápsulas de cocaína no estômago no Aeroporto Internacional dos Guararapes, no Recife. Ao desembarcar, o engenheiro civil Jeovanny José Ugueto Espinosa, de 34 anos, passou por uma fiscalização de rotina no último sábado (26), quando agentes notaram que ele demonstrava sinais de nervosismo e tinha dificuldades para se mover.

Depois de ter desembarcado de um voo proveniente de Caracas, na Venezuela, o engenheiro foi interrogado, passou mal e confessou aos agentes da PF que havia ingerido cápsulas de cocaína. O suspeito foi levado para o Hospital da Restauração, nas Graças, onde foi medicado e expeliu 69 cápsulas de cocaína que estavam no estômago dele. As cápsulas pesavam, ao todo, 930 gramas.

De acordo com a Polícia Federal, o destino final da droga seria Paris, na França, e o suspeito alegou ter sido aliciado por um grupo de traficantes colombianos e aceitado transportar a droga para melhorar sua situação financeira - ele informou essa seria a primeira vez que tentava transportar droga no corpo.

Leia também:
PF deflagra operação contra fraudes na previdência
Câmara aprova MP sobre venda de bens apreendidos do tráfico de drogas
Três pessoas são presas por tráfico de drogas em casa com quatro crianças em Paulista

Após receber alta médica, o suspeito foi preso em flagrante por tráfico internacional de drogas e conduzido à sede da Polícia Federal, no Bairro do Recife. Segundo a PF, o venezuelano pode ser condenado a penas que variam de 5 a 15 anos de reclusão. No momento, Jeovanny está preso no Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, na RMR.

A apreensão do último sábado foi a nona de drogas no Aeroporto dos Guararapes este ano. Até o momento, dez pessoas foram presas e 61 kg de cocaína e 28,4 kg de skunk, apreendidos.

Veja também

Reeducandos vão receber formação profissional em Paulista
Paulista

Reeducandos vão receber formação profissional em Paulista

Família busca comerciante que desapareceu no bairro de Jardim São Paulo
Desaparecido

Família busca comerciante que desapareceu em Jardim São Paulo