EDUCAÇÃO

Jaboatão dos Guararapes: jovens apresentam projetos inovadores em feira de robótica; confira

Entre projetos desenvolvidos, destaca-se o "Sensor de CO2", que monitora as emissões de dióxido de carbono (CO2) em estacionamentos

O Instituto Shopping Guararapes, fundado em 2004, representa o compromisso social e a visão de transformação da instituiçãoO Instituto Shopping Guararapes, fundado em 2004, representa o compromisso social e a visão de transformação da instituição - Foto: Divulgação

Entre esta quinta e a sexta-feira, tem programação educativa no Shopping Guararapes, em Jaboatão, na Região Metropolitana do Recife. Trata-se de uma feira de robótica realizada pelo Instituto Shopping Guararapes em colaboração com a Softex, uma associação sem fins lucrativos de empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).

A feira acontece na Praça de Eventos, das 10h30 às 19h. O acesso é gratuito. Além da exposição de protótipos dos projetos elaborados pelos jovens durante o ano de 2023, serão promovidas oficinas e competições de robôs.

Durante a feira, os alunos apresentarão sete protótipos dos projetos inovadores que foram desenvolvidos por eles no curso, concluído em dezembro passado. Alguns dos projetos são: "Lixeira Inteligente" e o "Sensor para pessoas com deficiência visual".

A lixeira inteligente é equipada com sensores que monitoram o nível de lixo e alerta quando estiver saturada. Já o sensor é para pessoas com deficiência visual e tem como objetivo facilitar a mobilidade e a segurança dessas pessoas, sendo um dispositivo instalado numa pochete que sinaliza quando algo está próximo. 

Coordenadora do Instituto, Flávia Souza expressou a importância da iniciativa, afirmando que "a feira não apenas oferece uma plataforma para os jovens demonstrarem suas habilidades e criatividade que ficaram em evidência durante o curso, mas também desempenha um papel fundamental ao despertar o interesse  e estimular desde cedo, o interesse pela tecnologia."

Entre os projetos desenvolvidos pelos jovens alunos, destaca-se ainda o "Sensor de CO2", que monitora as emissões de dióxido de carbono (CO2) em estacionamentos. O CO2 é um gás nocivo ao ser humano, podendo ser letal. Sendo assim, o produto age como um dispositivo que, ao detectar o excesso do CO2, ativa um alarme disparando um exaustor que irá fazer a retirada do gás do local. Essa aplicação tecnológica também protege a saúde das pessoas.

Os jovens interessados em tecnologia e inovação ainda podem aproveitar as oficinas gratuitas, manusear impressora 3D e acompanhar competições entre robôs que vão acontecer na arena montada no espaço.

 

Veja também

Os ataques históricos à Igreja Católica Romana
ARTIGO

Os ataques históricos à Igreja Católica Romana

Em resposta aos ataques, dom Paulo Jackson defende que a dimensão social da fé não seja esquecida
CARTA DO ARCEBISPO DE OLINDA E RECIFE

Em resposta aos ataques, dom Paulo defende que a dimensão social da fé não seja esquecida

Newsletter