A-A+

Morre no HR idosa queimada em incêndio em Caruaru

Mulher de 79 anos deu entrada no hospital com 90% do corpo queimado, não resistiu às complicações dos ferimentos e faleceu

Hospital da RestauraçãoHospital da Restauração - Foto: Brenda Alcântara/Folha de Pernambuco

Morreu na manhã desta quarta-feira (17) a idosa Terezinha Severina da Silva, de 79 anos, uma das mulheres que deram entrada no Hospital da Restauração (HR), no bairro do Derby, na área central do Recife, com queimaduras graves após um curto-circuito em um ventilador. Ela, que chegou à unidade de saúde na última segunda-feira (15), com 90% do corpo queimado não resistiu às complicações dos ferimentos e faleceu às 10h.

O acidente ocorreu no Sítio Xique-Xique, na zona rural de Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Além de Terezinha, foram atingidas pelas chamas a sua irmã Maria Felismina da Silva, 84, e a filha Josefa Terezinha da Silva, 41. As duas chegaram ao HR com 20% e 10% dos corpos queimados, respectivamente. Elas seguem com quadro de saúde estável e continuam em observação no Setor de Queimados do hospital.

Leia também:
Três mulheres são queimadas em Caruaru após curto-circuito em ventilador
Bebê tem 12% do corpo queimado em acidente doméstico


Segundo o chefe do setor de queimados do HR, o doutor Marcos Barreto, o fogo atingiu o colchão que Terezinha Severina estava e ela acabou sendo a mais atingida das três, com 90% do corpo queimado. “Ela teve queimadura nos braços, face e tórax e praticamente carbonizou os pés”, disse, em coletiva de imprensa nessa terça-feira (16).

Veja também

Inmet alerta para baixa umidade no sertão pernambucano; veja como se precaver
Clima

Inmet alerta para baixa umidade no sertão pernambucano; veja como se precaver

Após rejeição a reimplante, equipe médica precisa amputar braço de jovem de 16 anos
Acidente

Após rejeição a reimplante, equipe médica precisa amputar braço de jovem de 16 anos