Mudança de circulação no entorno do Mercado de São José é aprovada

Além da circulação exclusiva de pedestres nas vias, o projeto prevê a implantação de quatro faixas de pedestres elevadas, cinco faixas comuns e cinco refúgios

Trechos da Rua da Praia e da Travessa do Forte serão exclusivos para pedestresTrechos da Rua da Praia e da Travessa do Forte serão exclusivos para pedestres - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

O entorno do Mercado de São José entrou, nesta quinta-feira (10), em nova etapa do processo de requalificação. Entre os clientes e comerciantes dos arredores do mercado, localizado no bairro de São José, no Centro do Recife, as mudanças foram aprovadas de forma quase unânime. O novo planejamento, apresentado pela Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano do Recife (Semoc) da Prefeitura do Recife, consiste na circulação exclusiva para pedestres em trecho da Rua da Praia (da Rua Padre Muniz até o cruzamento com a Rua do Porão) e da Travessa do Forte (da Rua José Ribamar até o cruzamento com a Padre Muniz).

Os trechos, que antes das intervenções realizadas pela Prefeitura abrigavam instalações de comerciantes, passam por obras. Além da circulação exclusiva de pedestres nas vias, o projeto prevê a implantação de quatro faixas de pedestres elevadas, cinco faixas comuns e cinco refúgios.

Leia também:
Comerciantes e clientes aprovam reorganização do entorno do Mercado de São José
Mercado de São José tem entorno reordenado

Para os pedestres que costumam circular nas ruas do bairro, as mudanças são bem vindas. O mecânico Gabriel Augusto, 65, frequentador assíduo do comércio da região, conta que as alterações melhoraram consideravelmente a dinâmica do local. “A iniciativa é positiva tanto pra os clientes que circulam quanto para os comerciantes, que foram para um local mais limpo, espaçoso e seguro”, afirma.

A dinâmica também foi aprovada por quem circula com veículos pelo entorno do local. A administradora Juliana Barros, 40, afirma que o novo planejamento deve ser positivo tanto para pedestres quanto para motoristas. “Agora o fluxo deve ficar melhor organizado e mais pratico também”, afirmou. “A gente vai poder procurar os produtos que nos interessam com mais tranquilidade. A revitalização também deve fazer com que as ruas tenham um aspecto mais limpo”. As outras duas ruas laterais do mercado contam com 25 vagas do estacionamento Zona Azul, que serão preservadas após a reforma.

O investimento total desta etapa é de R$ 743.745,28. “A gente começou com a retirada dos pisos onde as barracas estavam instaladas. Agora demos início ao processo de drenagem. Após a retirada da pavimentação, foi identificada que se precisaria de uma nova drenagem. Em relação ao pavimento, vamos fazer uma restauração com a estrutura de paralelepípedos”, ressalta a diretora executiva da Emlurb, Marília Dantas.

O processo de requalificação dos arredores do Mercado começou no dia 2 de setembro, quando aproximadamente 150 comerciantes de frutas e verduras que ficavam em torno do Mercado foram realocados para o novo Centro Comercial construído no Cais de Santa Rita. Segundo a Prefeitura, as obras devem ser concluídas até dezembro de 2019.

Veja também

Secretaria de Defesa Social reforçará a segurança para as eleições
PERNAMBUCO

SDS reforçará a segurança para as eleições

Academias da Cidade retomaram aulas presenciais; veja onde marcar
Saúde

Academias da Cidade retomaram aulas presenciais; veja onde marcar