Mulher é vítima de bala perdida em plataforma do Metrô do Recife

Segundo a CBTU, a passageira foi baleada pelas costas e socorrida em seguida por uma equipe do Corpo de Bombeiros que estava no local

Estação Joana BezerraEstação Joana Bezerra - Foto: Reprodução/Internet

Uma mulher foi atingida por um disparo de arma de fogo dentro da Estação Joana Bezerra do Metrô do Recife, na região central da capital pernambucana, no momento em que esperava o trem.

Segundo a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), a vítima de 47 anos foi baleada por volta das 21h48 dessa terça-feira (15) após uma troca de tiros entre um grupo de três pessoas contra um homem que também estava na plataforma esperando o metrô.

Leia também:
Vigilante é alvo de tiros em estação de Metrô de Jaboatão
Roubo de fiação fecha Estação de BRT Riachuelo, no Recife
Metrô do Recife: usuários insatisfeitos com aumento de tarifa


A CBTU informou ainda que, durante a troca de tiros, a passageira foi baleada pelas costas e socorrida em seguida por equipe do Corpo de Bombeiros que estava no local. A mulher foi encaminhada para o Hospital da Restauração (HR), no bairro do Derby, onde passou por cirurgia. O estado de saúde da vítima na manhã desta quarta, segundo o hospital, é estável.

Segundo o gerente de Policiamento Rodoviário da CBTU, Augusto Lima, os homens envolvidos na confusão fugiram, mas as câmeras de monitoramento do local entregues à polícia devem identificar os suspeitos.

O gerente de Policiamento também reclamou da falta de investimento no Metrô do Recife. "Nós temos pedido que o Governo Federal libere um concurso público para que possamos aumentar a quantidade de vigilantes no sistema. Atualmente, cada uma das 37 estações das Linhas Centro e Sul possui um vigilante armado e policiais ferroviários", contou Augusto Lima, acrescentando que o sistema de monitoramento conta com o total de 1.380 câmeras. 

De acordo com a Polícia Civil de Pernambuco, as investigações sobre o caso seguem sob sigilo até a conclusão do inquérito.

Veja também

Contra retomada, professores de escolas particulares discutem possibilidade de greve
PERNAMBUCO

Contra retomada, professores de escolas particulares discutem possibilidade de greve

PCR retoma o funcionamento normal de 12 das 20 unidades que atendiam casos suspeitos de Covid-19
Coronavírus

PCR retoma funcionamento normal de 12 das 20 unidades que atendiam casos de Covid-19