A-A+

No segundo turno, 45 ocorrências foram registradas em Pernambuco

O número é 63% menor que o primeiro turno, onde foram computados 122 casos de crimes eleitorais

Polícia CivilPolícia Civil - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

A Polícia Civil de Pernambuco divulgou nesta tarde que, durante o domingo de eleições, 45 ocorrências relacionadas a crimes eleitorais foram registradas nas Delegacias do Estado. O crime mais comum foi a quebra do sigilo de voto, quando as pessoas tiraram fotografias dentro da cabine de votação. Em segundo lugar, com 15 casos, ficou a propaganda irregular, que acontece quando é verificada a distribuição de santinhos, adesivos ou bandeiras. Do total, três registros são de boca de urna. Os demais foram “casos pontuais de desordem, recusa em levar eleitor a zona eleitoral, entre outros”.

Leia também:
Relatos de violência são registrados no Recife após resultado da eleição 

Em nota, a Polícia Civil destacou o caso de um motorista que dirigiu embriagado e terminou causando um acidente, sem vítima, no município de Afogados da Ingazeira. O homem, de 35 anos, fugiu do local e foi localizado pela PMPE. O motorista foi preso, em flagrante, por embriaguez ao volante e apresentado em audiência de custódia.

Veja também

Adolescente é atingido com tiro de raspão e recebe coronhada durante assalto no Recife
Polícia

Adolescente é atingido com tiro de raspão e recebe coronhada durante assalto no Recife

Educadores do Detran-PE dão dicas de segurança a motociclistas em Camaragibe
Semana Nacional de Trânsito

Educadores do Detran-PE dão dicas de segurança a motociclistas em Camaragibe