Parque Treze de Maio recebe abertura da Semana Estadual da Pessoa com Deficiência

A semana será voltada para a inclusão social, combate ao preconceito e à discriminação contra as pessoas com deficiência

Banda do Centro de Reabilitação e Valorização da Criança (Cervac)Banda do Centro de Reabilitação e Valorização da Criança (Cervac) - Foto: Letícya Fulco/Folha de Pernambuco

A abertura da Semana Estadual da Pessoa com Deficiência, realizada pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) da Prefeitura do Recife, foi realizada nesta terça-feira (20). O evento ocorreu no Parque Treze de Maio, no bairro da Boa Vista, e teve apresentações de dança, canto e lutas de karatê.

O show da banda do Centro de Reabilitação e Valorização da Criança (Cervac) deu início a uma semana voltada para a inclusão social, combate ao preconceito e à discriminação contra as pessoas com deficiência.

A secretária executiva de Segmentos Sociais da Prefeitura do Recife, Laura Gomes, falou sobre a importância da ação. “É um evento cultural com várias apresentações inclusivas de pessoas com deficiência. Essa ação serve para chamar atenção de toda a população e mostrar que as pessoas com deficiência também têm direito a participar de tudo que existe na nossa sociedade, sem discriminação.”

Leia também:
Competição de robótica traz oportunidades para alunos da rede municipal do Recife
Teatro de Santa Isabel recebe concerto da Orquestra Sinfônica do Recife  
Câmara do Recife homenageia cronistas desportivos

Com o tema “Participação Social: Um Exercício da Cidadania na Construção de Políticas Públicas”, a semana segue com programação até o dia 28. O Grupo de Karatê Santos Dumont, que tem 16 participantes com deficiência, mostrou das experiências desportivas que ocorrem ao longo da semana.

Ericka Patrícia, 37, tem síndrome de Down e já é faixa preta no esporte. “Entrei há um ano e dois meses no grupo. E é muito bom, já que a gente luta com todo mundo”. Por conta do projeto, a carateca terá a oportunidade de participar do Campeonato Brasileiro de Karatê.

Vinicius Oliveira, 10, tem autismo e conquistou a faixa amarela. “Eu acho projetos como esse muito importantes para mostrar às pessoas que ter deficiência não é um problema.”

O Grupo de Dança do Santos Dumont de Alunos com síndrome de Down e com transtorno do espectro autista também marcou presença e realizou uma apresentação de samba. “É um trabalho muito gratificante. Trabalhei com esse grupo em outra oportunidade e é impressionante como eles aprendem as coisas rapidamente”, afirmou Suyene Olgrega, 48, professora do grupo.

Nilda Maria, 50, mãe de Gabriel Luiz, 11, com síndrome de Down, ficou sabendo da semana através de uma corrente no whatsapp. “Apesar do evento durar uma semana, é importante que nossos filhos sejam lembrados todos os dias. Esses dias são importantes para que a sociedade entenda e reconheça que as pessoas com deficiência também têm o direito à diversão, lazer e trabalho dignos como todas as outras pessoas.”  

Programação Completa da Semana Estadual da Pessoa com Deficiência by Folha de Pernambuco on Scribd

Veja também

Confira a previsão do tempo para Pernambuco para este último domingo de setembro
PERNAMBUCO

Confira a previsão do tempo deste último domingo de setembro

Confira protocolo para reabertura de cinemas e teatros em Pernambuco
Reabertura

Confira protocolo para reabertura de cinemas e teatros em Pernambuco