A-A+

PF apreende 502 kg de cocaína em carreta no Sertão

Catarinense de 53 anos, que transportava a droga, foi preso em flagrante

Carreta carregava milhoCarreta carregava milho - Foto: Divulgação/Polícia Federal

A Polícia Federal (PF) apreendeu uma carga de 502 quilos de cocaína em Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco, na madrugada desta sexta-feira (7). A droga estava em uma carreta conduzida por um catarinense de 53 anos, que foi preso em flagrante.

*Em atualização divulgada às 11h35 desta sexta, a PF corrigiu o peso da cocaína apreendida de 488 para 502 quilos.  

Segundo a polícia, o flagrante ocorreu por volta das 2h na BR-232. A PF foi informada sobre um possível transporte de drogas no veículo e montou uma barreira policial no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Serra Talhada, onde o caminhoneiro foi abordado. Questionado pelos policiais, ele não soube responder por que estava transitando na região e nem o local de destino da carga, além de se mostrar nervoso, inquieto e impaciente, segundo a polícia.

Leia também:
Carga de 327 kg de cocaína que saiu de Suape é apreendida no Rio
Avião faz pouso de emergência no Recife após angolano passar mal com cocaína


Em seguida, foi feita uma busca na carreta e a carga de milho, que também era transportada, foi retirada. Em um fundo falso, foram encontrados vários pacotes com a droga. Também foram apreendidos três celulares. O caminhoneiro recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Federal de Salgueiro, também no Sertão do Estado. Ele foi autuado por tráfico interestadual de drogas e, caso condenado, poderá pegar de cinco a 15 anos de reclusão.

Em depoimento, o motorista alegou ser dono da carreta e que foi contratado em Sinop, no Mato Grosso, para transportar a droga por R$ 50 mil até o Recife. O catarinense, no entanto, não forneceu mais detalhes sobre quem teria oferecido o dinheiro e entregado a droga. O catarinense realizará exame de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife. Ele será encaminhado para audiência de custódia.

Veja também

Garota esmagada por muro do metrô do Recife deixa UTI e vai para enfermaria
Kemilly Kethelyn

Garota esmagada por muro do metrô do Recife deixa UTI e vai para enfermaria

E quem nunca se isolou? Trabalhadores essenciais celebram o fim de uma restrição que nunca os tocou
Flexibilização

E quem nunca se isolou? Trabalhadores essenciais celebram o fim de uma restrição que nunca os tocou