Pernambuco

Presa a mãe da bebê de cinco meses morta por espancamento

Exame de corpo de delito identificou que houve fraturas nas costelas da criança

Augusto e Silvânia são acusados de matar a filha de cinco mesesAugusto e Silvânia são acusados de matar a filha de cinco meses - Foto: Reprodução

Nesta terça-feira (21), em São Lourenço da Mata, a mãe da bebê de cinco meses, morta por espancamento foi presa, acusada pela participação da morte da filha. A acusada se chama Silvânia Maria Viana Sales, 25. No final da tarde, a mãe foi conduzida da delegacia para a Colônia Penal Feminina Bom Pastor, no bairro da Iputinga, no Recife.

O pai da criança, Augusto Silva da Cruz, 23, já se encontra preso no Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, desde a última sexta-feira (17), acusado pela companheira por ter cometido o homicídio.

O exame de corpo de delito identificou que a criança Débora Maria Sales da Silva, teve as costelas fraturadas. Segundo a mãe do bebê, o pai, não gostava da criança por ser uma menina, enquanto durante a gestação ele esperava um menino. Antes de ser preso, no Conselho Tutelar de Olinda, o Augusto assumiu que batia na filha junto a Silvânia, com socos.

O delegado do caso Diogo Santiago contou em entrevista ao Portal FolhaPE, que os responsáveis não tinham simpatia pela bebê. "Eles não tinham simpatia pela criança, faltava a empatia pela filha".

Leia também:
Grave acidente em acostamento mata mãe e dois filhos crianças no Sertão
Condenado por estuprar adolescente, Maestro Cristiano é preso

O delegado Diogo Santiago também informou que está acontecendo duas investigações envolvendo as mesmas pessoas. "A primeira é uma tentativa de homicídio, em março, quando tinha sido encontradas marcas de lesões na criança. A mãe justificava que era uma queda da cama. A segunda, é o homicídio consumado, no qual o pai e mãe estão sendo acusados."


Veja também

Compesa troca fios de cobre por alumínio para combater furtos em unidades de abastecimento
manutenção

Compesa troca fios de cobre por alumínio para combater furtos em unidades de abastecimento

Os ataques históricos à Igreja Católica Romana
ARTIGO

Os ataques históricos à Igreja Católica Romana

Newsletter