Projeto leva relação do mar na história para aula na Praia de Boa Viagem

Edição de sábado (5) do História ao Ar Livre terá o tema: “Ouvindo as pancadas das águas do mar: o Mar e suas histórias”

Projeto começou há 4 anos e tem reunido públicos cada vez maioresProjeto começou há 4 anos e tem reunido públicos cada vez maiores - Foto: Reprodução/Instagram

Ação educativa que promove a integração com o espaço público da cidade, o História ao Ar Livre tem nova edição este fim de semana, reunindo diálogos sobre música, história e poesia. Na edição, o tema “Ouvindo as pancadas das águas do mar: o mar e suas histórias” homenageia os 75 anos da artista Lia de Itamaracá, patrimônio imaterial vivo de Pernambuco e que recebeu, recentemente, o título de Doutora Honoris Causa concedido pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

O evento, que é aberto ao público, acontece próximo às ondas, na praia de Boa Viagem, próximo ao segundo jardim, a partir das 15h deste sábado (5). Durante a aula, conduzida pelos professores de história Júlia Ribeiro e Rodrigo Bione, os materiais utilizados para compor um ambiente educativo diferenciado são simples - banquinhos, microfones e violão.

O público atraído ao evento é diverso, reunindo estudantes do ensino médio e universitários; professores e qualquer um interessado em aprender com uma proposta diferente. Outros professores de história também participarão do evento, assim como o professor de biologia Bruno Batista.

Leia também:
Lia de Itamaracá ganha título da UFPE e participa do programa de Bial
Inep lançará série de conteúdos do Enem em Libras
Projeto Pertencer leva espaço de convivência para crianças de habitacional da Zona Oeste

O História ao Ar Livre foi idealizado para estimular a interação da população com os espaços públicos. Segundo a professora Júlia Ribeiro, “o projeto surgiu da percepção de que os recifenses não vivenciam a cidade. Não costumam sentar numa praça, parar para curtir os espaços públicos. Como somos professores de história, entendemos que a preservação de uma cidade é muito mais relevante quando as pessoas conhecem a história do lugar e têm uma conexão com ele”.

Nas 12 edições já realizadas, foram abordados temas que, segundo os professores, destoam dos componentes curriculares do sistema educacional tradicional. Para os organizadores, a iniciativa tem reunido públicos cada vez maiores. “Recebemos muitos feedbacks positivos, geralmente de pessoas que afirmam ter uma relação superficial com os lugares e, depois das aulas, passaram a perceber a cidade de uma forma diferente”, disse Júlia Ribeiro.

O tema da edição de sábado (5) foi escolhido a partir de um desejo dos organizadores de fazer uma edição na praia. Como o tema, normalmente, é relacionado ao lugar, o mar será o centro das discussões. Quem for à aula poderá ouvir e conversar sobre acontecimentos históricos, debates e fazer uma homenagem a Lia de Itamaracá, cuja relação com as águas do mar é intensa.  “As pessoas acham que o oceano é somente um espaço entre os continentes, mas acontecem várias histórias relevantes e interessantes no mar”, complementou a professora.

Serviço:
Projeto “História ao Ar Livre”
Tema: Ouvindo as pancadas das águas do mar: o Mar e suas histórias
Data: sábado (5)
Horário: 15h
Local: Praia de Boa Viagem, em frente ao número 940 da avenida.

Veja também

Governo de Pernambuco anuncia escolas e municípios com maiores notas no Idepe 2019
Educação

Governo de Pernambuco anuncia escolas e municípios com maiores notas no Idepe 2019

Em agosto, Pernambuco teve 59 mil com sintomas conjugados de Covid, diz IBGE
Coronavírus

Em agosto, Pernambuco teve 59 mil com sintomas conjugados de Covid, diz IBGE