A-A+

Tragédia no morro: Geraldo Julio coloca PCR à disposição da Compesa

Segundo o prefeito, ficou constatado que um vazamento foi o causador do deslizamento

'O mais importante é prestar assistência a essas famílias', disse o prefeito Geraldo Julio'O mais importante é prestar assistência a essas famílias', disse o prefeito Geraldo Julio - Foto: José Britto / Folha de Pernambuco

O prefeito Geraldo Julio se pronunciou quanto à tragédia que matou sete pessoas, no Córrego do Morcego, mais precisamente na Rua Bela Vista, na Zona Norte do Recife. “Desde 5 horas da manhã, a Prefeitura através do Samu, da Defesa Civil, da Emlurb, e da secretaria de Desenvolvimento Social está prestando todo apoio à Compesa para que seja fornecida assistência a todas essas famílias. A gente está consternado e a gente apresenta toda solidariedade a essas famílias, toda atenção, desde as 5 horas da manhã, toda a Prefeitura está prestando esse apoio à Compesa para garantir assistência às famílias”, disse o prefeito, após inauguração do Abrigo Noturno Irmã Dulce dos Pobres.

Segundo o prefeito, ficou constatado que um vazamento foi o causador do deslizamento. Além disso, o gestor aguarda que a Compesa está apurando as causas do vazamento. “Nós não tivemos chuva no recife, nesses últimos dias, nem nessa madrugada, nós precisamos saber que vazamento foi esse, que ficou claro que foi um vazamento que ocasionou o que aconteceu lá e a gente esta desde a madrugada prestando assistência à Compesa para que às famílias tenham todo um atendimento”, pontuou.

O prefeito remeteu ao histórico de formação urbana da cidade para lembrar que desde a década de 1950 até os anos 1980, o Recife passou a ter uma ocupação de morro na cidade. Porém, reconheceu que, apesar dos esforços a cidade precisa de muita infraestrutura. “Os investimentos são feitos nas proximidades do que aconteceu hoje, a gente tem uma obra de R$ 2,7 milhões que foi feita pela Prefeitura e inaugurada ainda esse ano. Então, é necessário ainda que muita infraestrutura chegue para as áreas de morro da cidade onde moram 500 mil recifenses e a gente tem investido bastante nisso”, relembrou.

Geraldo Julio também lembrou as 311 obras em execução, atualmente, em parceria com outras obras estruturantes, que estão sendo realizadas com a URB. “Mas, nesse momento, o mais importante é prestar assistência a essas famílias”, afirmou.

Veja também

Pernambuco registra, em 24h, 289 casos e cinco óbitos pela Covid-19
Coronavírus

Pernambuco registra, em 24h, 289 casos e cinco óbitos pela Covid-19

Parte de muro do metrô desaba e atinge menina de 8 anos no Coque
Recife

Parte de muro do metrô desaba e atinge menina de 8 anos no Coque