Peru estende quarentena após registrar 20 mil casos de Covid-19

O Peru é o segundo país na América do Sul com maior número de casos de Covid-19, atrás apenas do Brasil

O presidente do Peru, Martín VizcarraO presidente do Peru, Martín Vizcarra - Foto: Juan Pablo Azabache/Andina/AFP

O presidente do Peru, Martín Vizcarra, estendeu nesta quinta-feira (23) a quarentena adotada no país contra o novo coronavírus. O plano inicial era manter o confinamento até o próximo domingo (26), mas o fim da medida foi adiado até o dia 10 de maio.
"A curva [de infecções] continua a subir. E responsavelmente, isso nos obriga a não baixar a guarda", explicou Vizcarra.

O Peru é o segundo país na América do Sul com maior número de casos de Covid-19, atrás apenas do Brasil. Nos últimos nove dias, o número de casos de coronavírus no país dobrou, atingindo 20.914 nesta quinta-feira (23). A rápida disseminação do vírus levou o sistema de saúde peruano ao colapso, com corpos aguardando serem retirados de hospitais e equipamentos de proteção sendo indevidamente reutilizados.

Leia também:
Coronavírus é tragédia inimaginável nos lares para idosos, diz OMS
Brasil registra 3.313 mortes e 49.492 casos de Covid-19

Além disso, milhares de pessoas ficaram sem renda por conta da pandemia. O governo anunciou um programa de estímulo econômico de 90 bilhões de novos sóis (R$ 147 bilhões), que equivalem a 12% do PIB peruano. O pacote inclui um auxílio financeiro para 6,8 milhões de famílias e o amparo ao setor de mineração. (AFP e Reuters)

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

Veja também

Em cadeia nacional, Queiroga defende vacinação e apela para que pessoas tomem a 2ª dose
VACINAÇÃO

Em cadeia nacional, Queiroga defende vacinação e apela para que pessoas tomem a 2ª dose

Preso na Paraíba suspeito de envolvimento na morte de Marielle Franco
Investigação

Preso na Paraíba suspeito de envolvimento na morte de Marielle Franco