Pesquisa mostra rota do avanço da Covid-19 em Pernambuco

Casos no Estado em abril apresentaram aumento de 7.623%. Pesquisa foi feita pela Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj)

Mapa mostra situação da Covid-19 em Pernambuco no dia 30 de abril de 2020Mapa mostra situação da Covid-19 em Pernambuco no dia 30 de abril de 2020 - Foto: Reprodução

Com 8.863 infectados e 691 óbitos, Pernambuco é o terceiro estado do Brasil com mais casos de Covid-19, segundo balanço mais recente do Ministério da Saúde. Uma pesquisa divulgada pela Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) nesta segunda-feira (4) mostra que a pandemia se consolidou em Pernambuco a partir da Região Metropolitana do Recife (RMR).

O painel da Fundaj, elaborado pelo seu Centro Integrado de Estudos Georreferenciados (Cieg), mostra o avanço da doença em Pernambuco. Os casos confirmados pularam de 90 para 6.860, representando um aumento de 7.623% em abril.

Leia também:
Pernambuco registra 220 novos infectados e 39 mortes pela Covid-19 em 24h
Recém-nascida indígena de três dias morre de Covid-19 em Floresta, no Sertão


De início, a pandemia avançou no sentido Fernando de Noronha-Palmares e, no fim do mês de abril, o eixo foi reorientado no sentido Recife-Agreste, o que mostra um aumento dos casos em direção ao Interior do Estado. Os mapas mostram a mudança na orientação, que é representada pela elipse - forma geométrica que  mostra o cálculo do eixo principal de disseminação dia a dia da doença em Pernambuco.

Casos confirmados no Estado em 1º de abril de 2020

Casos confirmados no Estado em 1º de abril de 2020 - Imagem: Reprodução

Há casos confirmados em 128 dos 185 municípios pernambucanos. “Nesse ritmo, nos próximos dias atingirá rapidamente 100% do Estado”, afirmou o pesquisador da Fundaj e coordenador responsável pelo painel, Neison Freire.

“No cenário atual, a pandemia encontrará áreas com alta vulnerabilidade social, em municípios pobres e com grandes parcelas da população tendo baixa renda, precariedade de acesso ao abastecimento de água e esgotamento sanitário – indicadores que são decisivos no combate a essa e outras doenças”, continuou Neison.

Segundo o estudo da Fundaj, a Covid-19 se espalhou por pequenas cidades do Sertão a partir das rodovias BR-323 e BR-101. Foram então criados polos de disseminação em centros regionais como Caruaru e Petrolina. O avanço da doença próximo a cidades do Agreste e do Litoral Norte de Alagoas fez o estado vizinho montar barreiras sanitárias em suas áreas de divisa com Pernambuco.

“Sua alta velocidade de contágio é compatível com as modernas atividades urbanas e o baixo isolamento social observado em várias cidades”, pontuou Neison. A Fundaj agora segue com a pesquisa para analisar a difusão da pandemia em Alagoas. O painel completo pode ser acessado neste link

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

Veja também

Brasil registra 2.616 óbitos por Covid-19 em 24h e total de mortes já ultrapassa 350 mil
Coronavírus

Brasil registra 2.616 óbitos por Covid-19 em 24h e total de mortes já ultrapassa 350 mil

'Se casal deu qualquer informação falsa pra mim, não fico na causa', diz advogado de Dr. Jairinho
Henry Borel

'Se casal deu qualquer informação falsa pra mim, não fico na causa', diz advogado de Dr. Jairinho