Pesquisadora da área de segurança pública morre no Recife

Ronidalva de Andrade Melo morreu, neste domingo (3), após sofrer um infarto

Pesquisadora titular da FundajPesquisadora titular da Fundaj - Foto: Divulgação

A pesquisadora titular de segurança pública da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) morreu na tarde deste domingo (3), por volta das 15h, em um hospital particular do Recife. Ronidalva de Andrade Melo, que estava internada desde a última semana na unidade de saúde, foi vítima de um infarto.

Ronidalva deixou um legado de livros, artigos científicos e publicações em jornais sobre a questão de segurança pública no Estado. A pesquisadora trabalhou na Fundaj por mais de 30 anos, período em que se dedicou a questão da segurança pública realizando diversas pesquisas e debates sobre o tema.

"Uma instituição é feita das pessoas que a constituem. Ronildava prestou um trabalho brilhante na área de segurança à Fundaj e à sociedade. Um trabalho que ficará como legado", disse o presidente da Fundaj, Luis Otávio de Melo Cavalcanti.

O velório da pesquisadora acontecerá nesta segunda-feira (3), a partir das 8h, no Cemitério Morada da Paz, em Paulista, no Grande Recife. O sepultamento está marcado para as 14h.

Veja também

Pernambuco registra 1.450 novos casos e 29 óbitos por Covid-19
Coronavírus

Pernambuco registra 1.450 novos casos e 29 óbitos por Covid-19

Covid-19: entidade orienta sobre vacinação em pacientes reumáticos
Saúde

Covid-19: entidade orienta sobre vacinação em pacientes reumáticos